Pilates e Nutrição: juntos na saúde da mulher

O mês de outubro passou, mas a conscientização com relação à saúde da mulher para se cuidar e com o objetivo de prevenir diversas doenças, entre elas o câncer de mama continua.

A prática de exercícios físicos regular e a alimentação podem ser aliadas nessa prevenção e para as mulheres, a alimentação e o tipo de exercício praticado no método Pilates devem ser diferentes para prevenir doenças específicas.

Homens e mulheres devem ter uma alimentação balanceada e diferenciada, tudo isso para combater doenças específicas de cada gênero.

Determinadas doenças que acometem mais as mulheres, exigem certos tipos de nutrientes específicos, por isso, uma alimentação equilibrada e individualizada é sempre a melhor escolha, não só para as mulheres, mas para todo mundo.

Além disso, a mulher passa por vários períodos na vida: gestação, amamentação, período menstrual, menopausa, entre outros e nessas fases da vida, tanto Pilates quanto a alimentação merecem atenção e devem ser adequados para garantir saúde, equilíbrio e conforto para as mulheres.

PUBLICIDADE
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo
Five de um UP no seu estúdio
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo

Sendo assim, preparamos este texto especial de saúde da mulher para você entender o que é preciso para se levar uma vida mais saudável. Confira a seguir!

A Alimentação da Mulher

saude-da-mulher-1

Como dissemos, a alimentação da mulher deve ser equilibrada e diferenciada para combater doenças especificas do gênero, tais como: doenças cardiovasculares, câncer de mama, osteoporose e as dificuldades e os sintomas do período menstrual e menopausa.

Para as doenças cardiovasculares que são aquelas que acometem o coração e os vasos sanguíneos, as mulheres devem buscar uma alimentação com baixo teor de gorduras saturadas, alimentos processados e industrializados, fast foods e priorizar o consumo de frutas, verduras, legumes, grãos, cereais integrais e gorduras boas.

No caso dos cânceres que afetam a saúde da mulher, o consumo de vitaminas, minerais e antioxidantes, através de uma alimentação natural e colorida, com verduras, legumes e frutas previnem os radicais livres e diversos tipos de cânceres entre eles o de mama.

Dos 20 aos 50 anos, a mulher tem um aumento na sua necessidade diária do mineral ferro, devido às perdas sanguíneas através da menstruação. O ferro está presente nas carnes e vegetais verdes escuros, como o espinafre.

Já na gestação, é importante se atentar não só ao consumo de alimentos fontes de ferro, como também nos alimentos fontes de ácido fólico para a boa formação do feto. Estes alimentos são: carnes, derivados do leite e vegetais verdes escuros.

Com relação ao período pré-menstrual, em que ocorrem alterações de humor deve-se dar importância a alimentos fontes de vitamina B6 (cereais integrais, feijão, lentilha, grão de bico) e magnésio (cereais integrais, vegetais folhosos escuros e castanhas).

Na menopausa, que é uma fase que se inicia geralmente entre os 45 e 55 anos, a alimentação pode ajudar a prevenir os sintomas e algumas doenças comuns e afeta a saúde da mulher, como a osteoporose.

Alimentos como a soja e derivados, contém uma substância chamada isoflavona que contém uma estrutura química bem semelhante ao hormônio estrógeno e evita o surgimento dos sintomas da menopausa. O óleo de prímula também é um aliado, pois atenua os sintomas da menopausa.

O Consumo de Fibras

saude-da-mulher-2

Além de todos estes alimentos que devem ser consumidos com o objetivo e prevenir doenças, atenuar os efeitos dos períodos menstruais e menopausa e garantir a saúde da mulher, devemos nos atentar ao consumo de fibras e água pois é muito comum nas mulheres, a presença de constipação (intestino preso).

De nada adianta consumir todos esses alimentos se o nosso intestino não está funcionando bem. Por isso, cereais integrais, verduras, legumes, mamão e ameixa são fortes aliados do nosso intestino.

Aliada à alimentação equilibrada e com alimentos fonte de fibras, a prática de atividade física, como o Pilates, exclui o sedentarismo e ajuda o nosso intestino a funcionar bem, colaborando então para a saúde da mulher.

O Pilates e a Saúde da Mulher

saude-da-mulher-3

A prática de Pilates é recomendada em todas as fases da vida da mulher garantindo conforto, bem-estar e qualidade de vida.

Na gestação o método é indicado pois auxilia no relaxamento e equilíbrio do corpo, ajudando nos momentos de dores e estresses e também na melhora da postura, evitando dores nas costas.

Já no pós-parto, o Pilates ajuda no fortalecimento do abdome, ajuda na recuperação do peso pré gestacional, recupera a força e evita a depressão pós-parto.

O Pilates também é eficaz no alívio das cólicas menstruais e também diminui os efeitos psicológicos dos períodos pré-menstruais como a tensão, ansiedade, tristeza e fadiga.

Além disso, o Método também auxilia na prevenção ao surgimento de osteoporose, doença comum na menopausa pois os exercícios reabilitam o corpo e melhoram os problemas causados pela doença auxiliando para a saúde da mulher.

De qualquer forma, devemos sempre aliar a pratica de Pilates à uma alimentação saudável para potencializar os efeitos benéficos de ambos.

Qual Dieta Recomendada para as Mulheres?

saude-da-mulher-4

O que todas as mulheres sempre perguntam: Qual a melhor dieta para seguir?

A resposta é simples: não há uma fórmula mágica e nem uma dieta específica que irá servir para todas as mulheres.

O recomendado é se alimentar de produtos naturais, evitando os industrializados, açúcares e gorduras ruins, se atentar ao consumo de água durante o dia, praticar atividade física, como o Pilates, com orientação médica e, acima de tudo, procurar um nutricionista para tratar as suas expectativas e objetivos com individualidade.

Além de se alimentar bem, a mulher deve parar de fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, evitar o sedentarismo através da prática do método Pilates, realizar exames periódicos e não tomar nenhum medicamento ou suplemento por conta própria. Procure sempre um médico e um nutricionista.

Conclusão

saude-da-mulher-5

Sendo assim, vimos que a alimentação e a prática do Método Pilates são específicos para as mulheres e em suas diferentes fases da vida e que ambos podem auxiliar no combate das doenças específicas do gênero feminino e atenuar sintomas indesejáveis dos períodos pré-menstruais e menopausa atuando então na melhoria da saúde da mulher.

A mulher passa por várias fases em sua vida e cada uma delas deve ser tratada com importância e individualidade.

O consumo de nutrientes específicos em cada uma dessas fases é essencial para o bem-estar e a saúde das mulheres.

Por isso, o mais importante é: cuide-se em todas as etapas de sua vida. E lembre-se que uma alimentação balanceada e a prática de Pilates são essenciais para manter um estilo de vida saudável e prevenir doenças.

PUBLICIDADE
Linha Infinity 2021 Voe Alto
Linha Infinity 2021 Voe Alto
Five de um UP no seu estúdio