Pilates X dor na cervical: exercícios para aliviar

Dores na cervical?

O avanço tecnológico se tornou o maior aliado (e também o maior vilão) do século XXI. Isso porque, ao passar horas na frente de um computador, sentado de maneira
inadequada, ou no sofá usando o smartphone, sobrecarregamos nossa
coluna. Em especial a cervical.

Estudos apontam que 23% da população mundial apresenta cervicalgia crônica (dor na
cervical) e cerca de 55% da população pode vir a sentir os sintomas ao longo de suas vidas devido ao sedentarismo, ao envelhecimento populacional e aos vícios posturais, que são os principais responsáveis pelo aumento dos casos de patologias na cervical.

A Coluna cervical

A coluna cervical é formada por 7 vértebras, chamadas de C1 a C7. Amaior amplitude de flexão/extensão das articulações facetarias ocorre entre C4 a C7. Sendo assim, é nessa região que frequentemente ocorre as patologias degenerativas, como hérnia de disco e artroses, que podem causar dor.

PUBLICIDADE
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo
Five de um UP no seu estúdio
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo

 

Pilates no tratamento da cervical

O Pilates tem um efeito direto e indireto sobre a cervical e os discos intervertebrais.
Ambos os efeitos promovem o fortalecimento dos músculos fracos, o alongamento da musculatura encurtada e amenizam a tensão muscular através do posicionamento adequado e da prescrição correta dos exercícios. Sendo assim, beneficiando a musculatura, articulação e promovendo a hidratação dos discos vertebrais, que resulta na prevenção de patologias na coluna.

Exercícios para realizar na Prevenção/tratamento de cervicalgia no Pilates

Sentado de maneira confortável, apoie as duas mãos no chão e deixe suas costas reta.
Sem deixar suas mãos saírem do chão, faça um movimento de inclinação lateral e rotação de cervical.

Deite em decúbito ventral (barriga para baixo), deixe suas pernas esticadas e levemente rotacionadas para fora e suas mãos apoiadas na lateral do seu corpo. Inicie o movimento subindo a sua cabeça e retorne para a posição inicial.

Deite de decúbito dorsal (de barriga para cima), apoie os dois pés no chão e coloque a bola debaixo da sua cabeça fazendo movimentos de rotação e flexão/extensão.

De joelhos, prenda o elástico em algo que fique acima da sua cabeça. Com seus braços esticados, traga a suas mãos para a lateral do corpo e, simultaneamente, faça uma abertura do seu peitoral. Importante tentar jogar essa força para a borda inferior da sua escápula quando estiver puxando o elástico.

Conclusão

O Pilates têm como objetivo restabelecer o alinhamento da região cervical e atenuar os episódios de dor, sendo excelente no tratamento de cervicalgias. Portanto, sempre busque ajuda de profissionais qualificados para assim você atenuar ou desaparecer com a sua dor cervical.

Espero ter ajudado.

Matheus Garofalo
Fisioterapeuta
Crefito: 133555-F
Instagram: @mathgarofalo

PUBLICIDADE
Linha Infinity 2021 Turbine seu estúdio
Linha Infinity 2021 Turbine seu estúdio
Five de um UP no seu estúdio