pilates para iniciantes

Por: Sandro Alves

O pilates para iniciantes é muito interessante e prático. Isso porque como os exercícios não são de alto impacto, é muito viável que você possa praticá-lo sem muitas dificuldades.

Muita gente ainda tem dúvidas sobre como funciona e o que o pilates aborda. Além disso, muitos se perguntam também para que serve e se é a mesma coisa do que o Yoga.

Diante de tantas dúvidas e falta de clareza sobre o assunto, fiz este conteúdo completo a respeito do pilates, sua história, como começou, para que serve e no que ele ajuda.

Então, se você tem algum tipo de pergunta sobre o método, faça a leitura completa deste conteúdo para que possa se informar e ficar por dentro de todos os benefícios que o pilates é capaz de dar pra você.

PUBLICIDADE

O que preciso saber sobre pilates para iniciantes?

Como falei para meus alunos no curso de pilates São Paulo, antes de mais nada, é crucial que você saiba a origem do pilates para que você possa entender melhor o método e seus benefícios ao corpo.

Segundo conta a história, pilates foi inventado lá por meados do século XX pelo alemão Joseph Pilates que, em sua infância, teve diversos problemas de saúde e cresceu sendo uma pessoa raquítica, frágil, com asma e com diversos outros problemas.

Isso é algo que não podemos comprovar e algumas pessoas que estudam a vida do mestre Joseph já deram sinais de que a história não é tão assim… mas sigamos com a parte que importa:

Determinado a mudar sua condição física, Pilates se dedicou a estudar meios de colocar em prática exercícios que seriam capazes de reabilitar o corpo. Pilates então buscou inspiração em diversos esportes para que pudesse desenvolver seu método, como:

  • Ginástica;
  • Esqui;
  • Mergulho;
  • Boxe;
  • Yoga;
  • Artes marciais;
  • Etc.

Dessa forma, ele pôde formar a sua própria filosofia acerca de exercícios, saúde, estudos de yoga, acrobacias, movimentos e treino físico para que pudesse combinar tudo isso em uma coisa só.

Assim nasceu o pilates que é uma atividade que entrega equilíbrio físico e mental ao corpo, além de reabilitar os alunos. O pilates se destaca muito por conta nos princípios que foram criados por Philip Friedman and Gail Eisen no livro The Pilates Method of Physical and Mental Conditioning.

Então por exemplo, tudo o que é feito dentro do pilates como forma de exercício, se baseia nesses princípios. São 6 pontos que devem ser trabalhados:

1 – Concentração; 

2 – Centralização;

3 – Precisão;

4 – Respiração;

5 – Controle;

6 – Fluidez.

Quem está iniciando na atividade acaba pondo em prática um método que se encaixará nas necessidades de cada pessoa, não importa qual seja seu estado físico. 

Então, através desses exercícios, o aluno irá criar a fortificação dos seus músculos e corpo, além de atuar na mente também. Os alunos que iniciam e ficam realizando a atividade ao longo dos anos, podem adquirir:

  • Força muscular;
  • Diminuir as dores;
  • Boa postura;
  • Ser mais flexível;
  • Entre outros.

Principais dúvidas sobre a atividade

É crucial dizer que os benefícios listados acima pelo pilates não irão aparecer de um dia para o outro. Assim como é na academia com a prática de musculação, leva-se um tempo até que se perceba todas as mudanças.

Porém, como ele é um método que faz o corpo ter um maior alongamento, que trabalha com a forma de respirar e de se concentrar, no dia a dia já é possível notar uma melhora no bem-estar de cada um que pratica.

Uma das dúvidas a respeito do pilates é se ele é um sistema que emagrece. E podemos dizer de antemão que depende. Isso porque como não é uma atividade de alto impacto, ela não gera gastos calóricos o suficiente para que a pessoa possa emagrecer.

Porém, ela é uma atividade que ajuda no emagrecimento se combinada com outras atividades ou dieta e boas horas de sono.

O que o pilates faz muito bem é tonificar os músculos estilizar a figura e readequar a postura, assim, ele se torna um agente que ajuda nesses termos.

Existe idade para que se possa fazer pilates?

Uma dúvida que surge quanto ao pilates para iniciantes é se ele tem um limite mínimo de idade para que possa ser praticado. E a resposta para isso é não.

Como é uma atividade que foi pensada para reabilitar pessoas em qualquer situação, o pilates pode ser praticado até mesmo por crianças. Aliás, quanto mais cedo a prática do método acontece, melhor para o corpo.

A atividade é ainda mais proveitosa para os idosos, que perdem um pouco da sua mobilidade com o passar da idade e é crucial que eles pratiquem exercícios que vão ajudar os seus músculos, força e no equilíbrio do corpo.

Além disso, o pilates entrega uma certa autonomia e uma segurança maior em realizar aç?es do dia a dia, coisa que na terceira idade é muito mais do que preciso, é crucial.

Portanto, não há qualquer restrição de idade ou condição. Mulheres grávidas também podem fazer o método para promover alívio de dores no corpo e tornar o parto mais agradável.

Pessoas acima do peso ou obesas também conseguem treinar nos aparelhos de pilates e fazer os movimentos para que possam melhorar sua qualidade de vida.

Quantas vezes na semana é preciso fazer pilates?

A prática de pilates depende muito do tempo de cada um. O mais indicado para que o exercício possa fazer efeito é que a pessoa o realize pelo menos duas vezes por semana.

Porém, quem tiver mais tempo, pode fazê-lo todos os dias.

Quais os benefícios do pilates para iniciantes para quem o pratica?

Como já dito, o pilates é também um método de reabilitação. Portanto, a prática dele faz com que o corpo consiga obter diversos benefícios.

Além disso, o pilates pode ser tratado desde um ponto a parte, como, por exemplo, a má postura. O método tem muitas bondades, mas somente profissionais de algumas áreas, podem ministrá-las.

Isso porque eles possuem o saber suficiente do corpo e das áreas que precisam ser tratadas e sabem como o pilates podem ajudar cada cliente.

Sendo assim, você pode obter as seguintes vantagens ao praticar o pilates em seu dia a dia:

  • Ser mais flexível;
  • Ter maior força muscular;
  • Menos dores (em especial dores crônicas);
  • Melhor postura;
  • Músculos com mais tônus muscular
  • Maior equilíbrio;
  • Mais disposição;
  • Melhora na forma de respirar;
  • Maior qualidade de sono;
  • Dentre muitos outros ….

Quem tem problema de coluna pode realizar pilates para iniciantes?

pilates para iniciantes

No curso de pilates Rio de Janeiro desse ano vimos que, por se tratar de um método que atua no corpo todo, o pilates possui um ótimo resultado em relação as dores crônicas, em especial as que possuem relação com a coluna vertebral.

Quando se trabalha com diversos planos de movimento, o aluno é tem que ser treinado para que se acostume com os do pilates, focados para o seu problema.

Assim, o aluno poderá fazer o método sem sentir medo. Muitos dos alunos do pilates procuram a atividade para tratar as dores que sentem nessa região.

Em geral, os médicos são os primeiros a indicar o pilates como uma opção de tratamento para esse tipo de problema.

Sabe-se que o pilates por si só é o suficiente para que se possa ver resultados em relação ao fortalecimento e alongamento dos músculos. Além disso, é visível que com a prática dele, o alívio das dores pode ser sentido.

Então, sim! O paciente que tiver dor nas costas, seja ela crônica ou não, pode fazer pilates ainda que ele seja iniciante para que possa encontrar um pouco de alívio nessas dores.

Por que a respiração é algo valorizado no pilates?

A respiração é um dos pontos base do pilates. Portanto, é crucial que ela sempre esteja presente, para que possa entregar bons resultados quando façamos os exercícios.

Por meio da respiração é possível que o cliente consiga integrar corpo e mente e ainda melhorar a fluidez dos movimentos por meio da ativação do core.

Quando o powerhouse (músculos da faixa inferior do tronco) é ativado através da respiração, é possível prevenir lesões distais por conta da falta de estabilização central.

Quando os exercícios são executados através da respiração correta, o paciente passa a estimular uma concentração maior, pois assim, ele direcionará a sua atenção a atividade que está realizando.

O que esperar de uma aula de pilates para iniciantes?

O contato inicial do aluno com o pilates é crucial para que ele decida continuar ou não praticando o método. É preciso então saber ouvir a explicação do profissional depois da aula ou sessão.

Quem procura o pilates, o faz por conta de algum tipo de necessidade. Seja para se sentir melhor, se alongar ou tratar alguma parte do corpo.

Sendo assim, o aluno deve explicar o seu objetivo e o professor deve explicar um pouco sobre o método e o que esperar dele. A primeira aula será algo bem leve.

Em geral, são feitos alguns exercícios nas áreas que precisam mais, de acordo com a avaliação do profissional e do que o aluno descreveu para ele.

Esse contato inicial fará uma adequação do corpo e da mente do aluno para que ele se adapte ao novo ambiente de aula. Além disso, o aluno consegue fazer as outras atividades de maneira mais tranquila.

O profissional irá passar exercícios de acordo com a necessidade individual de cada pessoa para que ela tenha uma experiência positiva e realista sobre o que é e o que faz o pilates. 

Provavelmente também alguns aparelhos serão usados para que o aluno tenha conhecimento de uso deles e possa ser introduzido para que se familiarizem com esses aparelhos.

Quais modalidades o pilates aborda?

O pilates consegue abordar três delas. A primeira é a sua versão original, a que foi inventada e mantida ao longo dos anos, onde usa-se as ferramentas criadas por Joseph como auxiliadores nos exercícios.

O pilates original acontece através de movimentos feitos nesses aparelhos.

A segunda é a forma clássica, de alunos diretos do mestre e com algumas modificaç?es.

Já o método contemporâneo é uma forma mais atual do pilates ao se utilizar de outros tipos de acessórios de pilates mais modernos, que não foram criados pelo mestre.

O pilates contemporâneo se inspira e se utiliza de movimentos do pilates clássico e de outros métodos.

Qual escolher? Pilates para iniciantes original, clássico ou contemporâneo?

Se você está na dúvida sobre optar por um ou por outro, colocamos aqui as principais diferenças na abordagem de ambos, a começar pelos equipamentos.

No pilates original, os instrutores fazem uso só dos aparelhos e acessórios que foram desenvolvidos por Joseph. Eles seguem o formato e as medidas originais.

No pilates clássico, os instrutores fazem uso só dos aparelhos e acessórios que foram desenvolvidos por Joseph que sua aluna Romana selecionou junto a Donald Gratz. Eles também seguem o formato e as medidas originais.

Já na versão contemporânea, têm-se a liberdade maior de poder usar acessórios diferentes. Utiliza-se os equipamentos criados por outros autores e também por Joseph, porém os formatos são mais modernos.

Você, com certeza, já viu a faixa elástica, bola de pilates, etc. Tudo isso faz parte do pilates contemporâneo.

Em relação as aulas, na versão original (são poucos os que possuem esse saber) o mestre Joseph usava muito o comando tátil e visual.

Já na versão clássica o instrutor costuma não mostrar como o exercício é feito e usar mais o comando verbal, como fazia Clara Pilates.

O que acontece é ele levar o aluno até o aparelho e dizer o que ele deve fazer. Já no contemporâneo, as aulas acontecem em formato de estaç?es e, em geral, em grupos.

Os instrutores aqui fazem mais a demonstração para que possa informar os alunos de forma visual o que eles devem fazer exatamente. Pode ser também que os alunos façam atividades em dupla, diferente do modelo clássico.

O clássico, nesse ponto deveria se parecer mais ao original do mestre Joseph mas, em verdade, se parece mais à forma de ditar aulas de Clara Pilates, esposa do mestre criador do método.

Ou seja, Joseph era mais comando visual e tátil e Clara Pilates tinha mais comando verbal, que é o que se utiliza mais no pilates clássico

Seja qual for o modelo que você escolha, ambos serão ótimos para você e possuem uma série de benefícios reais. Então vale a pena você procurar saber o que mais faz sentido para você.

Conclusão

Por fim, aqui está a conclusão de um conteúdo completo sobre pilates para iniciantes e tudo o que você precisa saber sobre ele. Dentre os principais pontos de destaque  podemos dizer que:

  • Faz bem para a mente;
  • Faz bem para o corpo;
  • Alivia dores;
  • Gera maior bem-estar;
  • Ajuda nos movimentos do dia a dia;
  • Dá qualidade de vida;
  • Melhora a respiração;
  • Dentre outros.

Se você está interessado na atividade, então procure já um estúdio próximo a você para que possa fazer sua aula experimental.

E se você é da área de fisio, educação física, enfermagem, terapia ocupacional, dança e quer saber mais sobre o pilates para aplicar em sua carreira, então conheça o nosso curso de formação em pilates.

Espero que este conteúdo tenha sido útil. Deixe aqui seu comentário e mostre a mais pessoas interessadas.

Gostou das dicas do Sandro Alves sobre Pilates para iniciantes? Então dá uma passadinha no site da Alves Pilates! Também deixe um comentário aqui embaixo e de uma passada no nosso Instagram.

PUBLICIDADE
Acessórios MetaLife, o seu estúdio mais completo!
Acessórios MetaLife, o seu estúdio mais completo!