Braço da cadeira flexionando

Hoje é dia de estreia aqui na série Pilates para homens. Robert Azeredo, um super profissional do Pilates, chega com tudo para dividir experiências e ensinamentos com a gente.  Educador Físico, formado desde 2004, o moço já foi competidor de natação pela marinha do Brasil e professor de diversas modalidades em academia de ginástica.

Apaixonado por ritmos e movimentos, Robert é sócio do estúdio Pilates Integrado, em São Paulo. A partir de agora, junto com o Raphael Napolitano ele vai trazer muitas novidades pros Pilateiros de plantão aqui na Revista. Ansiosos para conferir a primeira matéria do Robert? Vem com a gente!

Diante da grande procura pelo método Pilates, que tal abordarmos um clássico do treinamento masculino? A flexão de braços.

Na essência do exercício, além da ativação isométrica dos músculos estabilizadores de pelve, coluna e escápulas, os músculos do tríceps e peitoral maior se mobilizam concêntrica e excentricamente para gerar o movimento, garantindo um ganho de força e consciência corporal nos membros superiores.

Na estabilidade escapular o SERRÁTIL é extremamente solicitado para a manutenção da escápula em contato com a caixa torácica, evitando a protusão da mesma.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Para o desenvolvimento de treinos de força, como musculação, este exercício pode ser bastante útil nos supinos, remadas e puxadas.

SÉRIE – “UM BRAÇO EMPURRANDO COM A MÃO NA CADEIRA” e é executado na CHAIR (cadeira, equipamento).

Iremos executar o exercício nº2 desta série:

BRAÇO DA CADEIRA FLEXIONANDO.

Posição Inicial – Posição de flexão de braços, de lado. Pelve e coluna neutras, uma linha longa dos pés à cabeça. Pernas estendidas, aduzidas e paralelas com o peso nos dedos dos pés. Uma mão na cadeira, a outra mão no pedal, braço estendido para pressionar o pedal levemente para baixo. Ombros nivelados e escápulas estabilizadas.

Inspire – Mantenha o tronco e escápulas estáveis, flexione o braço da cadeira e pressione o pedal.

Expire – Mantendo os ombros nivelados e braço do pedal estendido. Estenda o cotovelo do braço da cadeira, permitindo que o pedal eleve.

Inspire – Flexione o braço da cadeira, pressionando o pedal para baixo.

Repita de 5 a 10 repetições pra cada lado.

Foco no treino! Use a cabeça e seja consciente.

ROBERT AZEREDO
EDUCADOR FÍSICO (CREF – 082248-G/SP)