Pilates e resiliência: implicações para a vida!

O que é resiliência?

O termo resiliência está consideravelmente em alta nos últimos tempos. Quem nunca ouviu alguém dizer: esta pessoa é muito resiliente! Ou mesmo: fulano não é resiliente! E quando ouvimos dizer que alguém é resiliente, rapidamente associamos esta pessoa a um comportamento positivo. Mas afinal, o que é resiliência? Será que ela pode nos ajudar nesse cenário mundial de grandes desafios? E qual a relação de resiliência com o Pilates?

Primeiramente, vamos tentar esclarecer o conceito de resiliência e depois conversar sobre sua relação com o Pilates. Vamos lá?

Conceito de resiliência

De maneira geral, a resiliência é a capacidade de um indivíduo se adaptar às adversidades da vida. Contudo, se reinventando constantemente e se posicionando de forma positiva diante dos problemas.

A resiliência é uma habilidade pessoal de se adequar com sucesso ao estresse agudo ou crônico; diversos autores afirmam que pessoas resilientes apresentam maior controle de humor, comportamento, cognição e maiores características de coping/enfrentamento. Como por exemplo, resolver problemas e enfrentar seus medos (CEVADA et al. 2012). De fato, um perfil resiliente é desejável e pode ajudar em muitos contextos.

PUBLICIDADE
Black Friday MetaLife, descontos de até 50% em nossa loja virtual
Black Friday MetaLife, descontos de até 50% em nossa loja virtual

Resiliência x quarentena

Agora que você já sabe o que é resiliência, eu te pergunto: enfim, o quão resilientes precisamos ser para conseguir lidar com o momento atual que estamos vivendo?

A quarentena nos pegou de surpresa, nos obrigando a reinventar nossas rotinas e estabelecer novas lógicas de lazer, trabalho e relações sociais. Pois não podemos mais viver como antes. Isso porque a lógica do mundo mudou e, certamente, foi inevitável se adaptar. Isso mesmo, se adaptar – característica essencial a uma pessoa resiliente!

No fim, inesperadamente, sendo muito ou pouco resilientes, tivemos que aceitar a nova realidade e continuar… igualmente buscando forças e novos sentidos em tudo o que fazemos. Mas vamos falar um pouco de Pilates…

Exercícios físicos


A prática de exercícios têm se destacado como um fator de proteção da saúde associado à promoção da resiliência (MAZO et al., 2016). Como dizia nosso mestre Joseph Pilates “nossa interpretação da aptidão física é a obtenção e manutenção de um corpo uniformemente desenvolvido com uma mente sã plenamente capaz de, natural e facilmente, realizar satisfatoriamente as nossas muitas e variadas tarefas diárias com entusiasmo espontâneo e prazeroso”.

Mas de onde vamos tirar esse entusiasmo e prazer, mesmo nesse contexto de diversas mudanças e dificuldades? Inegavelmente, um perfil mais resiliente poderá nos ajudar!

Gostaria que pensasse um pouco sobre em que outro tipo de exercício físico você vê essa forte associação entre mente sã, mudança de comportamento e os diversos benefícios corporais? Sei que você deve ter pensado em alguns…

Então vamos um pouco além: quais destes se transformam em um estilo de vida capaz de modificar a postura dos indivíduos diante da vida, dando-lhe mais entusiasmo, através de princípios claros, objetivos e eficientes como concentração, controle, precisão, centramento, respiração e fluidez? Vou deixar para você refletir…

Os méritos do Pilates

Não pretendemos com isso retirar os benefícios das outras diversas práticas corporais, mas destacar as características do Método Pilates. Além de apresentar mais uma de suas diversas possibilidades.

Neves, Hirata e Tavares (2015) reforçam que a percepção consciente do corpo acessada pela sensopercepção e outras experiências que permitam a conexão do indivíduo com sua realidade corporal de ser aceito e de se aceitar, de elaborar as perdas e de reconhecer as vulnerabilidades, podem levar ao estabelecimento de uma representação interna acurada do corpo e a um senso de identidade. Com isso, fornecendo compensações para as diversas situações da vida.

Nesse sentido, mais uma vez, gostaria de deixá-los com uma frase de Joseph “se aceite da forma que você é”! Portanto, se apropriar do Pilates como essa conexão do indivíduo com sua essência, aceitando e aperfeiçoando sua realidade corporal pode contribuir para o desenvolvimento de um perfil mais resiliente, que irá contribuir para uma vida mais leve e prazerosa.

Cristina Carvalho de Melo
Idealizadora e Coordenadora do Projeto Pilates UFMG
Doutoranda em Ciências do Esporte, Mestrado em Estudos do Lazer, Especialização em Psicologia do Esporte e em Pilates, MBA em Gestão de Projetos.
Graduada em Educação Física e Administração
Carvalho.cristina@gmail.com
Instagram: @criscarvalhomelo
Lattes

PUBLICIDADE
Black Friday MetaLife, descontos de até 50% em nossa loja virtual
Black Friday MetaLife, descontos de até 50% em nossa loja virtual