Pilates e Dança do ventre

A matéria de hoje é especial para quem quer ficar com o corpinho todo durinho para o verão! Se no Pilates a barriguinha já é muito solicitada, imagina na Dança do Ventre? Para quem não sabe, essa dança era praticada originalmente em diversas regiões do Oriente Médio e da Ásia Meridional. Os movimentos semelhantes aos de uma serpente, aliados a música, foram registrados no Antigo Egito, Babilônia, Mesopotâmia, Pérsia e Grécia e tinham como objetivo preparar as mulheres para se tornarem mães.

A expressão Dança do Ventre surgiu na França, em 1893. É composta por uma série de movimentos, vibrações, impactos, ondulações e rotações que envolvem o corpo como um todo. Na atualidade é considerada uma dança sensual e envolvente, que ‘’hipnotiza’’ quem observa. É a verdadeira arte da sedução!

Para compartilhar algumas semelhanças do método Pilates e da Dança do Ventre, convidamos a Educadora Física Flávia Mendes, 30, que, além de professora de dança, é instrutora de Pilates. Show, não é? Apostamos que você está curiosa para saber tudinho sobre essas duas artes.

‘’Nas duas práticas encontramos muitas coisas em comum, como a concentração, a consciência corporal, a respiração adequada… Porém, o que mais chama a atenção é o trabalho que as duas exercem no core, que é o centro da força no nosso corpo’’, explica.

E para quem já dança e quer saber como o Pilates pode ajudar os dançarinos, fique contente, porque parece que a união das duas práticas é perfeita. ‘’O Pilates vai ajudar principalmente na consciência corporal, pois a dança do ventre exige movimentos isolados de algumas partes do corpo, com isso, possibilitará uma dança mais limpa, suave e precisa’’, declara Flávia.

PUBLICIDADE
Linha WAVE 2.0 - Estúdio completo + Curso Desvendando a Flexibilidade + Mentoria MetaLife 2021
Five e Mentoria MetaLife 2021 o seu próximo passo
Linha WAVE 2.0 - Estúdio completo + Curso Desvendando a Flexibilidade + Mentoria MetaLife 2021

‘’Os benefícios são muitos, desses posso citar os mais procurados que são a tonificação, a definição muscular e o trabalho postural’’, revela.

Por que a Flávia decidiu unir as duas práticas? ‘’Comecei com a dança do ventre, prática essa que já faço há dez anos, e no ano passado fiz o curso de Pilates para ampliar meus conhecimentos, melhorar minhas aulas e aumentar meus ganhos. Foi quando percebi que a união das duas técnicas é perfeita’’, completa.

E aí, quem ficou louca para unir o queridinho do Pilates à Dança do Ventre pra ficar com uma ‘’cinturinha de pilão’’ e o corpo sarado?

PUBLICIDADE
Estúdio Infinity MetaLife Setembro 2021
Estúdio Infinity MetaLife Setembro 2021
Five e Mentoria MetaLife 2021 o seu próximo passo

7 COMENTÁRIOS

  1. Eu já faço o Pilates há dois anos, pois sou instrutora e há 3 meses a dança do ventre. É impressionante o resultado e, como fica mais fácil para as duas atividades!

  2. Sou Professora e Bailarina de Dança do Ventre, a Associação do Pilates com a Dança é excelente, principalmente no fortalecimento da região do Core que utilizamos muito na dança, para realização de Shimes, básico egípcio, etc. bem como a respiração que é imprecindível na dança, saber respirar. 😀

  3. A DVentre exige muito da musculatura lombar, paravertebrais etc, o Pilates tem uma quase que infinita possibilidades de alongamentos e fortalecimentos para essa região!