Equipamento portátil para pilatear em casa

Você já ouvir falar do PLANK Pilates? Ele é um equipamento portátil, leve, de fácil manuseio e com múltiplas possibilidades de uso. Perfeito pra você que ama pilatear, adora novidades e ainda está em isolamento social, longe dos equipamentos do estúdio. Ele pode ser muito útil, inclusive durante as aulas online, guiadas pelo seu professor. Isso porque ele pode facilitar, ou mesmo dificultar os exercícios, dando mais ritmo e diversidade às aulas! Tem professores comprando dois: um para usar e outro para revezar entre os alunos. Demais, né? Vem saber tudo sobre o Plank e de quebra aprender uns exercícios com o Keyner Luiz!

Um equipamento portátil, infinitas possibilidades

Com um sistema de “tensão Opposing”, o Plank é portátil e possibilita a realização de centenas de exercícios. A ideia é fazer com que o cliente tenha a cada dia novas possibilidades para exercitar o maior número de fibras musculares possíveis. O equipamento pode ser utilizado para executar qualquer nível de exercício e tem ajustes que permitem atender as mais diversas necessidades, com quatro níveis de resistência.

Um dos possíveis usos do PLANK é o trabalho com uma aproximação contemporânea ao Pilates. O equipamento pode servir para aulas personalizadas e individualizadas, atendimentos fisioterápicos, patologias na coluna e gestantes.

Com um mercado fitness cada vez exigindo mais dos profissionais da área, principalmente agora com as aulas online, seja por produtos ou serviços, o PLANK certamente será um diferencial para aqueles que tiverem o equipamento. A metodologia busca desenvolver qualidade na execução dos exercícios, com total segurança para os praticantes, fazendo com que o instrutor conquiste ainda mais alunos!

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Aliando o Pilates e o treinamento funcional no PLANK

A técnica funcional é baseada na estimulação do corpo para que sejam melhoradas as condições, tanto do sistema musculoesquelético quanto de sistemas independentes dele. Os benefícios do método começaram a ser aplicados na reabilitação e, com o sucesso da técnica, também foram desenvolvidos programas para uma otimização do desempenho de atletas e condicionamento físico, para minimizar possíveis lesões. Treinar funcionalidade para atividades diárias é de grande importância para evitar desequilíbrios, disfunções e lesões. E cada dia mais o treinamento funcional vem sendo inserido no Pilates.

Há diversas maneiras de aliar as duas práticas, e a mais recente delas é com o PLANK, que é portátil e muito fácil de usar. Hoje vamos falar sobre isso aqui. Keyner Luiz (CREFITO 97287-F), Fisioterapeuta e um dos instrutores que desenvolveu a metodologia para o aparelho, buscou unir as técnicas do Pilates e do treinamento funcional. Como o treinamento funcional realiza um trabalho integrado e com alguns padrões de movimento (puxar, empurrar, agachar, etc.), é possível aliá-lo ao Pilates, que também é um método que exercita o corpo como um todo.

“Para mim é um aparelho bem legal, que aumenta bastante as possibilidades de exercícios dentro do nosso estúdio, e a gente até consegue levar o PLANK para trabalhar com a pessoa dentro da casa dela”, afirma Keyner.

Dicas de exercícios

Agora vamos conferir alguns exercícios que o Keyner preparou e que podem ser realizados no PLANK, pra deixar você com ainda mais vontade de ter o equipamento. ; ).

Os movimentos que ele realiza são feitos sem trocar os elásticos de posição, mas essa troca é fácil e rápida de ser feita.

Outra dica do instrutor é colocar uma base instável em cima do PLANK, para criar mais uma variação de exercício.

plank funcional 2

A sequência de exercícios desenvolvida por Keyner inicia com o padrão de empurrar no treinamento funcional (IMAGEM 1) e depois o padrão de agachamento (IMAGEM 2).

Após isso, o instrutor segue com adaptações de exercícios do Pilates, como o Hundred. (IMAGEM 3) e o Single Leg Switch (IMAGEM 4), por exemplo.

O último exercício é realizado com a superfície instável que foi sugerida no começo e assim fazer uma ponte – o que também trabalha com os membros superiores. (IMAGEM 5)

Fisioterapeuta Keyner Luiz 
CREFITO 97287-F
Treinador Voll Pilates Group

1 COMENTÁRIO