Os benefícios da respiração no método Pilates

Respiração – primeiro e último ato de nossas vidas, o combustível para a nossa sobrevivência. Mas será que damos a devida importância para ela?

Abordamos muito a importância da respiração na capacidade respiratória, mobilidade torácica e diminuição da ansiedade. Porém, sob a luz de pesquisas científicas, sabemos que os seus benefícios vão muito além disso.

Em nossa rotina agitada, passamos muito tempo sentados, com respirações curtas e focados em problemas e situações que nos tiram do equilíbrio, o que gera menos oxigenação dos tecidos e maior liberação de cortisol na corrente sanguínea.

O cortisol é conhecido por degradar colágeno, perda de massa muscular e aumento de peso, sendo conhecido como hormônio do estresse, Ele é produzido em situações onde o sistema autônomo simpático detecta alguma ameaça (além, é claro, do ciclo natural de sono e vigília).

Se faz necessário um trabalho mais voltado para melhorar a respiração consciente, usufruindo assim dos seus inúmeros benefícios. O método Pilates utiliza a respiração como um de seus principais pilares, modulando o ritmo dos exercícios.

PUBLICIDADE
17 anos MetaLife - WAVE 2.0 a evolução da linha premium
Five de um UP no seu estúdio - 17 anos MetaLife
17 anos MetaLife - WAVE 2.0 a evolução da linha premium

Respiração x Pilates

A respiração profunda e consciente é capaz de ativar áreas do cérebro relacionadas ao prazer e bem-estar (como o córtex insular esquerdo), o que auxilia a diminuição da percepção de dor (atrelada ao córtex insular direito e córtex somatossensorial).

Expirações profundas e lentas estimulam o sistema parassimpático, através do nervo vago, diminuindo a ansiedade e, consequentemente, a liberação de cortisol na corrente sanguínea.

Além disso, associar a respiração com trabalhos de rotação e extensão da coluna (muito trabalhados no Método Pilates) mobilizam e melhoram a função das fáscias viscerais, permitindo maior ação e desempenho das vísceras.

Pessoas com dor crônica se beneficiam muito de trabalhos respiratórios, pois esse público tende a focar muito o seu pensamento na dor, potencializando essa sensação . Ao concentrar na respiração e nos movimentos solicitados, esse paciente deixa de pensar por alguns instantes na dor e diminui a sua percepção.

No Método Pilates a respiração atua como elemento modulador, facilitando ou dificultando a execução dos exercícios. Além disso,  disponibiliza aos seus praticantes todos os benefícios citados acima, o que auxilia na promoção do equilíbrio do corpo e da mente.

Por: Felipe Faralozzo – RS
Fisioterapeuta – UniLasalle;
Pós-graduado em Terapia Manual e Postural;
Formação em Treinamento Funcional;
Formação em Liberação Miofascial;
Formação em Maitland;
Completa em Pilates Original e Contemporâneo;
Docente das Pós-graduações em Terapia Manual e Postural, Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Esportiva, da faculdade IBRATE, em parceria com o Instituto Golden;
Formação em Método ROLF;
Formação em Aurículoterapia;
Formação em Fascial Fitness;
Crochetagem Mioaponeurótica;
Método Stecco® – Manipulação Fascial®.
CREFITO5: 178033-F
PUBLICIDADE
17 anos MetaLife - Realizando Sonhos! Últimos dias
17 anos MetaLife - Realizando Sonhos! Últimos dias
Five de um UP no seu estúdio - 17 anos MetaLife