Pilates solo: os 34 exercícios de Joseph Pilates

34 exercícios de Pilates solo

À partir de hoje, revivemos uma série muito bacana na Revista: os 34 exercícios originais de solo de Joseph Pilates. Eles serão apresentados pela nossa superparceira Marjorie Filellini. Além de linda e muito talentosa, a Ma é bailarina, Fisioterapeuta, instrutora de Pilates, palestrante e praticante assídua do método, além de outras modalidades, como Acroyoga. O que faz com que a execução dela seja incrível!

Os 34 exercícios originais de solo de Joseph Pilates foram publicados no livro “Return to life through Contrology”, que será nossa referência aqui ao longo de várias semanas. Antes, que tal conhecer um pouco sobre a história do Pilates e do seu criador?

Desde a elaboração desses exercícios de solo, muita coisa mudou, foram realizados diversos estudos de biomecânica, cinesiologia, fisiologia e anatomia. Portanto, vocês aprenderão os 34 exercícios originais de Pilates solo com as modificações necessárias para que tudo fique de acordo com as novas descobertas.  Para compreender a técnica, é preciso antes de tudo conhecer o dono dela e a história dele para entender como a técnica surgiu.

Quem foi Joseph Pilates

Joseph Hubertus Pilates nasceu em 1883 na Alemanha. Era uma criança muito doente, sofria de asma, raquitismo e febre reumática. Por todos esses fatores, Joe sofria bullying dos colegas, o que o incentivou a iniciar os estudos em anatomia, praticar ginástica e frequentar aulas de defesa pessoal. Passava horas na floresta observando o movimento dos animais e como aprendiam a andar e caçar. Aos 14 anos ele já era modelo de livros de anatomia.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Durante a adolescência, Joseph ficou obcecado em superar suas limitações físicas. Praticou diversas modalidades como ginástica e ginástica olímpica (seu pai era dono de uma academia e foi um renomado ginasta), box, yoga, mergulho e esqui.

Profissionalmente era ginasta, mergulhador e bodybuilder (fisiculturista). Em 1912 mudou-se para a Inglaterra, atuando como artista circense, boxeador e treinador de defesa pessoal em escolas de polícia e na Scotland Yard.

Em 1914, durante a primeira guerra mundial, Joe foi mandado para um campo de concentração em Lancaster. Por conta própria dava aulas de luta, defesa pessoal e começou a ensinar e aperfeiçoar um conjunto de exercícios de solo, inventados por ele, ostentando que seus ‘’alunos’’ sairiam de lá mais fortes do que eram antes.

Mais tarde foi transferido para outro campo chamado ‘Isle of man’, onde teve carta branca para cuidar dos soldados doentes desde que eles não levantassem da cama. Foi aí que nosso precursor teve a ideia de utilizar as molas das camas como acessório e desenvolveu um sistema integrado de exercícios que foi nomeado por ele como Contrologia (Contrology).

Após a guerra, Joseph voltou para a Alemanha e trabalhou com a polícia militar de Hamburgo, dando aulas de defesa pessoal e treinamento físico. Deu início aos atendimentos individuais personalizados.

Foi nesta época que conheceu Rudolf Von Laban, um famoso analista de movimento e dança, que incorporou algumas teorias e exercícios de Joseph em seu próprio trabalho.

Em 1923, Pilates foi convidado a treinar o novo exército alemão. Porém, Joe não estava feliz com as diretrizes políticas de seu País. Foi quando decidiu mudar-se para os EUA. Foi em 1926 que Joseph chegou a NY para ficar. Não há nenhuma prova, mas dizem que Joe foi para os EUA por influência de alguns boxeadores.

A academia que ele montou ficava muito próxima a estúdios de dança e ensaio, foi assim que a Contrologia começou a fazer parte da vida dos bailarinos como reabilitação e treinamento. As seções tinham como foco revigorar e não cansar.

O final real da história não é tão interessante quanto os mitos que a cercam. Correm boatos de que Joseph morreu em um incêndio que aconteceu no Studio de NY, mas na verdade o que o derrubou foi enfisema pulmonar – nem tudo pode ser perfeito, Joe fumava e bebia. Joseph Pilates faleceu em 1967 com 83 anos e para ilustrar os resultados da técnica, estava em perfeita forma física.

As obras de Joseph Pilates

Joe escreveu dois livros:

–          Em 1934: Your Health: A Corrective System of Exercising that Revolutionizes the Entire Field of Physical Educations;
–          Em 1945: Return to Life Through Contrology.

Marjorie Filellini (Crefito-3: 160760-F)