Ora molas, pilateiros!

Quantas vezes seus alunos já perguntaram quantos quilos equivalem uma mola? Difícil responder, não é mesmo? Os aparelhos de Pilates são, por muitas vezes, comparados a equipamentos medievais de tortura. Ao ver tantas molas penduradas por ele, realmente é o que parece!

Joseph Pilates teve uma grande ideia quando retirou as molas das camas de seus pacientes internados para usar como resistência ao reabilitá-los. E, mais a frente, utilizar as mesmas molas nos seus aparelhos. O Reformer, com cinco molas de diferentes resistências, o Cadillac ou Wall Unit, com molas longas e molas curtas, e a Chair, com quatro molas e infinitas possibilidades. Hoje em dia, há lugares que utilizam também uma prancha de molas na parede.

Com o passar do tempo, os equipamentos de Pilates evoluíram, no que se trata de aparência, design, acabamentos, rolamentos… há mais precisão nos encaixes e maior segurança, mas as molas… são sempre as molas! De diferentes tamanhos, cores e resistências. Molas são objetos elásticos e flexíveis utilizados para armazenar energia mecânica. As molas são a essência dos aparelhos.

Difícil responder quantos quilos equivale uma mola, porque, muitos fatores influenciam a sua potência. O comprimento, o diâmetro externo, o diâmetro do arame, o gancho no aparelho ao qual ela se prende, até mesmo a posição do aluno e a sua altura. Sem contar as inúmeras combinações que fazemos com elas.

Em alguns exercícios ela resiste, ou seja, dificulta o movimento, e em outros ela assiste, auxilia o aluno ao executar determinado movimento. As molas trabalham de forma gradual. No início do movimento, quando sai da inércia e o músculo está fraco, a resistência é menor. A medida que a mola se estende, a dificuldade é maior e o músculo também está mais forte. Isso diminui o impacto nas articulações e, consequentemente, o risco de lesões.É importante que ela tenha uma parte cônica nas pontas por segurança, isso impede que ela arrebente.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Pensando no meio-ambiente, existe uma política nacional de resíduos sólidos. Devido ao fato de que as molas tem diversas ligas de materiais altamente danosos ao meio-ambiente, existem lugares que tem uma política de “logística reversa”, onde eles recolhem as molas utilizadas para reciclagem. Isso é ótimo porque muitas vezes não sabemos o que fazer com elas, não é mesmo? Pensem nisso e aproveitem os benefícios das molas, pilateiros!

Andrea Fidalgo
Fisioterapeuta (Crefito 2/54198- F)
Studio Spasa

4 COMENTÁRIOS

  1. Não é tão difícil responder quando um aluno pergunta a quantos quilos corresponde o exercício que ele esta fazendo. Previamente monte uma tabela para cada mola que você utiliza (verde,amarela,azul ou vermelha). Faço os cálculos e quando for questionado você saberá exatamente quantos a quantos quilos equivale aquele movimento executado com determinada mola. Fiz isso e hoje todos os alunos têm um referencial do esforço realizado por eles.