Ombro doloroso e a reabilitação com Pilates

É possível fazer a reabilitação do ombro doloroso através do método Pilates?

Quantos alunos você recebe diariamente em seu estúdio com a queixa de um ombro doloroso? Primeiro, vamos buscar a compreensão e definição do que determina ser um ombro doloroso:

  • Ombro doloroso é uma síndrome caracterizada por impotência funcional de graus variados que acomete estruturas responsáveis pela movimentação do ombro. 

As etiologias são diversas devido a complexidade anatômica e suas várias funções de movimento; podendo ser de origens articulares, ósseas, cartilaginosas, musculares, tendíneas e fasciais. Muitas vezes elas estão associadas; sendo originadas das estruturas da cintura escapular ou irradiadas de outras regiões; 94% relacionadas a alterações posturais, 5% a prática desportiva. De 15% a 25% acomete indivíduos entre 40 a 50 anos. 

Várias síndromes fazem parte do que conhecemos por ombro doloroso, entre elas: 

Síndrome do impacto; tendinite biciptal; tendinite calcárea; capsulite adesiva; artopatias; originadas de outros lugares como neoplasias, diabetes, neurites. 

PUBLICIDADE
A cada R$ 100 você ganha uma arte decorativa digital
A cada R$ 100 você ganha uma arte decorativa digital
Mentoria MetaLife
Mês do cliente - Descontos incríveis aproveite
Mentoria MetaLife

O ombro

O ombro é formado por três articulações (glenoumeral, acrômio-clavicular e esterno-clavicular) e duas pseudoarticulações (escápulo-torácica e subacromial). Nomeamos a tudo de cintura escapular. Ao trabalharem juntas e harmonicamente, elas permitem a movimentação global do ombro. Temos também os componentes musculares e tendões. O principal grupo muscular é o manguito rotador, composto pelos músculos supra-espinhoso, infra-espinhoso, subescapular e redondo menor. Possui inserção tendinosa no úmero (tendão do bíceps), ambos facilitando a estabilidade articular e propiciando movimentação. 

As Bursa é a subacromial, localizada abaixo do acrômio, e os componentes ligamentares são o coracoclavicular, acrômioclavicular, coracoacromial, umeral transverso e gleno umeral. Uma vez compreendida a origem e diagnóstico do ombro doloroso, o tempo de início do tratamento, que deve ser imediato, são de grande valor na recuperação do paciente. 

Quanto mais cedo iniciamos o tratamento, melhores serão os resultados. Quando chega a fase crônica, a intervenção de exercícios reestabelecendo as funções do ombro em questão se faz necessária. 

Como o Pilates pode ajudar no tratamento?

O método Pilates contribui de forma efetiva e segura no processo de reabilitação. Primeiro restaurando a amplitude de movimento, que está limitada gradualmente, e, de acordo com o limiar de dor referido; depois inicia-se o processo de auto aprendizado e autoconsciência do seus limites e do que chamamos de reequilíbrio, reorganização ou estabilização do mesmo, recuperando e integrando as funções e movimentos da cintura escapular concomitante com a coluna e respiração; e por último restauramos a força necessária para restabelecer a função do braço em seus afazeres da vida diária. 

Lembrando que o ombro faz parte de todo o contexto da cintura escapular, para reabilitá-lo é necessário manter todas as estruturas em harmonia para daí alcançar e determinar uma reabilitação eficiente. 

Seguindo o plano:

– Mobilização (recuperação da amplitude de movimento do ombro SEM DOR);
– Compreensão e adaptação dos limites de acordo com cada patologia;
– Estabilização das estruturas;
– Ganho de força.

Traçamos um comparativo de reabilitação através Método Pilates:

Fase I do tratamento do ombro doloroso

Scapular mobilization em várias posições e decúbitos

Escapular Mobilization com braços a frente

 

Escapular Mobilization com braços para cima

 

Fotos executando exercício Escapular Mobilization deitada

 

Outros exercícios:
Arm circles supine
Spine twist supine
Cat/ horse

Fase II do tratamento do ombro doloroso

Mermaid

Mermaid

Outros exercícios:
Roll up
Chest lift
Baby warm
Spine stretch
Saw Spine twist
Swimming

Fase III do tratamento do ombro doloroso

Boomberang

Boomberang

Outros exercícios:
Quadruped dissociation
Leg pull
Side bend
Kneeling side kick
Push up
Rollover

Por ser uma estrutura complexa e de alto grau de mobilização e função, o ombro necessita de atenção especial e cuidados expressivos. Realize os exercícios sob a supervisão de um profissional capacitado para saber instruí-lo de forma segura, eficiente e prazerosa.

Um grande abraço

Manuella Bortolo
Fisioterapeuta
CREFITO 36724- F
Instagram: @manuellabortolo
studio_equilibrio

PUBLICIDADE