O Conceito da Caixa (Box)

Joseph Pilates prezava pela qualidade do movimento. Seu método é cheio de princípios e diretrizes para facilitar o corpo a achar o caminho certo para realizar cada movimento. Uma das coisas que faz seu método diferente dos outros é a preocupação com o alinhamento do corpo. Comprovamos todos os dias no estúdio que quanto mais alinhado o aluno está, mais os músculos alvo são recrutados e o objetivo do exercício é atingido, além de evitar os movimentos faltosos.

O conceito da caixa (Box) foi usado por Pilates para ajudar no alinhamento do corpo. Consiste em quatro linhas imaginárias, sendo duas horizontais, que vão de ombro a ombro e quadril a quadril, e duas verticais, fazendo a ligação de cada ombro com o quadril homolateral.

Visualizar este retângulo no tronco do aluno nos guia a mantê-lo sempre alinhado e torna mais fácil a correção de desvios posturais. Nós devemos prestar atenção no posicionamento do aluno, tanto antes do início do exercício, como durante. O exercício se torna bem mais difícil quando é feito corretamente e é exatamente por isso que este conceito é importante, pois o corpo sempre busca a forma mais fácil de realizar tarefas, por isso ele escolhe compensar a manter o alinhamento ideal.

Se o aluno está realizando suas tarefas com os ombros altos, ou um mais baixo do que o outro, com o quadril rodado ou torto, não somente perdemos os benefícios do exercício e deixamos de trabalhar a musculatura correta, mas também podemos colocá-lo em risco de lesões. A qualidade exigida pelo Pilates é o que faz a diferença entre ele e as outras atividades físicas. Se não focarmos nela, não estaremos sendo fiéis ao método.

Devemos ensinar o aluno sobre a Caixa para que ele também perceba seus desvios e saiba evitá-los. Além disso, existem diversas dicas verbais para fazê-lo entender quais as compensações que o corpo vai buscar em cada exercício e como imped-las.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Sair da caixa é uma expressão que usamos para estimular alguém a ir além, mas trabalhar a Caixa é importante para entender COMO ir além.

www.espacofluir.com

Monique Ayala
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 69066-F

Hellen Morita
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 76136-F