Minha história com o Pilates: Karina Bariri

Superar, mesmo quando dizem que você não vai conseguir? Esse é o gostinho da vitória, pilateiros e pilateiras! Você tem que confiar em si mesmo para alcançar seus objetivos, se não, quem o fará? Não é necessário provar nada para ninguém, a não ser para si mesmo. Hoje, quem conta a história de superação pra gente é a Karina Martins, 34 anos, formada em Direito e apaixonada por Pilates.

‘’Totalmente sedentária, com fortes dores na coluna, um dia ‘’travei’’. Foi assim que resolvi procurar um ortopedista, especialista em coluna, e descobri que as dores derivavam de vários fatores como: hérnia de disco em um tamanho considerável, um cisto na região sacral e retrolistese grau I, consequências de uma queda no trabalho. Além disso tudo, eu estava com desgaste no quadril e com sacroileíte… O resultado: tive que começar a tomar medicamentos manipulados, analgésicos, injeções e aguentar as fortes dores que me privavam de tudo.

E assim, por indicação do médico, iniciei o Pilates. No começo eu não conseguia ter sustentação no quadril, a musculatura era fraca e tensa na região lombar e os exercícios aumentavam a dor e os incômodos pela queda. Eu não tinha equilíbrio. Na primeira aula a professora me colocou no Bosu, pois, como ela sempre diz, “é preciso ganhar equilíbrio para aumentar a força muscular”, e era disso que eu precisava.

Ouvi de várias pessoas: ‘’ah, isso não é pra você, não vai conseguir nunca’’. Mas as palavras negativas me impulsionaram! A paciência, a perseverança e a ajuda da Fisioterapeuta, foram minhas aliadas nesses oito meses no Pilates. Aos poucos, fui adquirindo força, resistência, equilíbrio, consciência corporal e postural, e agora quero sempre que as aulas sejam ‘’power”.

Os exercícios na Chair, como o PullUp, faço todas as variações! Mas o meu queridinho é o Cadillac, principalmente o exercício HangingPullUps! Esse, se deixar, faço muitas repetições!

PUBLICIDADE
Linha WAVE 2.0 MetaLife setembro 2021
Five Outubro 2021 - Seu próximo passo, sua nova oportunidade
Linha WAVE 2.0 MetaLife setembro 2021

Hoje consigo viver sem medicamentos. Me apaixonei pelo Pilates, mudei minha postura, ganhei qualidade de vida, equilíbrio e saúde. Eu amo Pilates!’’

Tem uma história legal com Pilates e quer compartilhar com a gente? Envie um e-mail para contato@revistapilates.com.br. Quem sabe sua história é publicada?

PUBLICIDADE
Estúdio Infinity MetaLife Outubro 2021
Estúdio Infinity MetaLife Outubro 2021
Five Outubro 2021 - Seu próximo passo, sua nova oportunidade

5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pela sua perseverança. Eu sou suspeita em falar, porque também amo pilates, e também tenho melhordo bastante as dores na coluna e minha postura, além de me sentir mais calma, mais leve. Pilates é tudo de bom!!

  2. Parabéns por ter ido em frente sem dar atenção aos que quem criticam e acha que quem vai a procura do melhor para sua vida é perca de tempo! Também estou nessa; lutando para melhorar más vou em frente não dou ouvido aos que pensam negativos. Ouvi muitas criticas, chorei mais não desisti… nunca e jamais! É muito bom!!!

  3. Tenho fibromialgia e sérios problemas de saúde (escoliose, artrose, bico de papagaio… tendinite… burcite… rsrsrs… uma festa de dores… e relutei bastante até entrar no Pilates. Tem um pouco mais de um ano… E tem sido muito bom. As vezes é difícil. Complicado. Algumas vezes chego a regredir… A ponto de ficar somente nos alongamentos… As fisio tem sido como “anjos” em minha vida. Tem sido sustentação e equílibrio não somente para o corpo como para a mente. E o espírito agradece. Boa sorte!!! Em Nome de Jesus.