Exagerou no chocolate?

Não resistiu às tentações da Páscoa e do feriado prolongado e exagerou na alimentação? Hoje, está se sentindo culpado, pesado, inchado? Que tal uma dieta de desintoxicação? Ela limpa o organismo e emagrece.

Existem vários tipos de dietas desintoxicantes. Para ajudar, nós fomos buscar umas dicas super legais na Revista Boa Forma. Acompanhe e boa sorte!

Chás contra o inchaço
Os chás são ótimos para aliviar a retenção de líquido e, consequentemente, o inchaço que deixa até as mulheres magras com a barriga saliente. Aposte nos que têm efeito diurético, como os chás verde, de cidreira, erva-doce, capim-limão, maçã com canela, camomila, hibisco, cavalinha, dente-de-leão e cabelo de milho. Sugestão: prepare uma boa quantidade da bebida e deixe na geladeira. Assim, você toma o chá geladinho, como se fosse refresco.

Mais água no dia seguinte
Prepare-se para beber água o dia todo – no mínimo 2 litros. É uma medida importante especialmente para quem abusou do álcool, que deixa as células desidratadas e a péssima sensação de ressaca.

Traduzindo: boca seca, enjoo e dor de cabeça. Você brindou com refrigerante? Mesmo assim deixe uma garrafinha d’água por perto. Outra receita detox é tomar, ainda em jejum, um copo de água morna com o suco de um limão e raspas de gengibre. “São ingredientes capazes de aumentar a produção de enzimas que facilitam o trabalho do fígado no processo de eliminação das toxinas”, diz Patrícia Davidson Haiat, nutricionista do Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo
Five de um UP no seu estúdio
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo

O limão ainda combate a fermentação no estômago e no intestino, evitando o acúmulo de gases. E por que água morna? Ingerida na temperatura próxima a do corpo, poupa esforço ao organismo, que, após uma orgia alimentar, merece um descanso.

Dieta levinha, levinha
Doce, comidas gordurosas e álcool sempre estimulam a produção de toxinas. Imagine, então, quando consumidos em excesso. São capazes de alterar o pH do organismo, deixando-o muito ácido e, consequentemente, mais propenso a acumular gordurinhas.

Portanto, no dia seguinte à ceia, invista nos alimentos com ação alcalinizante – ou seja, que deixam o pH do sangue e de outros líquidos corporais menos ácidos. Isso favorece o funcionamento do metabolismo, facilitando a perda e a manutenção do peso. Os principais representantes são: aveia, alface, agrião, brócolis, couve, rúcula, rabanete, pepino, lentilha e melão.

Apesar do sabor azedo, que dá ideia de acidez, as frutas cítricas como limão e laranja também têm ação alcalina. Use esses alimentos no preparo de sucos e sopas, que, por ser facilmente digeridos, exigem pouco esforço do organismo. Além disso, evite carnes (inclusive frango e peixe), massa, pão e produtos industrializados. E, claro, passe longe da cerveja, da caipirinha…

Faça isso por um dia ou dois. Mas, no terceiro, volte a consumir alimentos sólidos, porém saudáveis (carnes magras, ovos, verduras, legumes, frutas frescas). Caso aguente mais tempo sem carboidratos, especialmente os refinados (feitos com farinha branca e pobres em fibras), você pode seguir a orientação do médico nutrólogo Alberto Serfaty, do Rio de Janeiro. Para ele, o ideal é voltar a incluir esses alimentos no cardápio só mais tarde: quatro ou cinco dias depois da festa.

PUBLICIDADE
Linha Infinity 2021 Turbine seu estúdio
Linha Infinity 2021 Turbine seu estúdio
Five de um UP no seu estúdio

4 COMENTÁRIOS