Diferentes posições e aberturas das mãos no Pilates

Você já pensou em utilizar um acessório que possibilita explorar diferentes posições e aberturas das mãos no Pilates? Saiba por que isso é interessante.

Porque favorece uma descarga de peso mais eficiente nas mãos, além de desafiar pegadas diversas, sendo um facilitador também para aqueles com pouca mobilidade de cintura escapular e/ou coluna torácica.

Dentro do vasto repertório do Método Pilates temos vários exercícios que precisam do apoio sobre as mãos, tanto para ser o principal elemento de execução, como também para ser elemento estabilizador.

Assim o Torino entra como um acessório versátil que possibilita educar movimentos, favorecer posições ou desafiar exercícios.

Único detalhe que devemos nos atentar é em relação a base de fixação, pois ele pode se encaixar tanto nas ombreiras como na prancha de saltos. Para trocar de uma base para outra precisamos utilizar uma “chave” específica para o ajuste. Então uma dica seria o preparo de aulas com o Torino numa única base, numa próxima possibilidade experimentar no outro ponto.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Assim você tem a chance de explorar o acessório no Reformer de forma completa e divertida, trazendo novidades e variedade com segurança aos seus alunos.

A seguir temos alguns exemplo de como podemos utilizar o Torino.

Apoio nas ombreiras:

– Semicircle – permite uma posição confortável e favorável para mobilizar a coluna.


– Rollover – ajuda na descarga de peso correta nos ombros, favorece a mobilidade torácica.

– Jackknife e Control balance – auxilia a encontrar descarga de peso sobre ombros e engajar mais o Powerhouse.

– Mermaid II – o empurrar do pé na madeira possibilita explorar mais o alongamento como um todo, além de dar direcionamento para mover a coluna em flexão ou extensão.

– Control front – podemos explorar a posição das mãos de diferentes formas, além de favorecer uma posição mais confortável para os punhos.

– Quadruped dissociation – ajuda a organizar melhor a cintura escapular e manter a conexão de Powerhouse, permitindo explorar a dissociação dos membros ou variar com movimentos como o Achiles stretch.

– Stomach massage flat back – auxilia aqueles que possuem pouca mobilidade torácica e
escapular, pois permite uma pegada mais aberta.

Apoio na plataforma de saltos: – Cat e Horse stretch – torna-se um educativo para a posição original com as mãos na barra de pés, pois traz uma forma familiar do solo e prepara o aluno para uma base mais alta.

– Long stretch – possibilita intensificar o exercício, por estar numa posição mais paralela ao solo e com maior área exposta a gravidade.

– Push up com pés no chão – forma de educativo tanto para compreender o movimento como também para auxiliar na força, pois fica numa posição favorável. Além disso permite explorar pegadas mais abertas ou fechadas, depende do objetivo que deseja atingir.


Juliana Harumi Tanimaru
Professora TcPilates, Garuda e Move Flow
Personal trainer do movimento