Pesquisar
Close this search box.

+80K

+390K

Pesquisar
Close this search box.

+80K

+390K

Como aliviar a dor lombar em gestantes?

Por: Renatha Cruz

A gravidez é um momento maravilhoso na vida da mulher, mas como nem tudo são flores, muitas delas sentem dores lombares. E essas dores podem surgir ainda no segundo trimestre ou até antes em alguns casos e perdurar por toda a gravidez, podendo piorar com o tempo ou posição em que a gestante fica.

Essas dores são consequências de uma série de fatores, como: a mudança do centro de gravidade que o corpo sofre com o aumento do tamanho da barriga e sobrecarga na musculatura que sustenta a coluna. Isso tudo ocorre devido às alterações posturais que acontecem no corpo da mulher durante este período, além das mudanças hormonais que podem ocasionar enfraquecimento dos músculos e articulações, fazendo com que eles trabalhem de forma excessiva. Outro fato importante a se considerar, são as alterações hormonais que afrouxam as articulações e os ligamentos que unem seus ossos pélvicos à coluna vertebral, fazendo a gestante se sentir menos estável e causando dor em momentos como: andar, ficar em pé ou sentada por um muito tempo, levantar de uma cama ou cadeira, ou ainda ao se curvar.

Geralmente, a fase em que as dores se tornam mais intensas, é no final da gravidez. Já que o tamanho e peso da barriga, aliado ao peso da própria gestante, alcançam o tamanho máximo.

lombalgia

Apesar de extremamente desconfortável para a gestante, não existem evidências que relacionem a lombalgia a algum problema no desenvolvimento do feto. Não diretamente, porém, a lombalgia pode prejudicar a qualidade de vida das gestantes e, como consequência, a gravidez. Isto porque em casos de episódios intensos de dor, se faz necessária a administração de medicamentos prescritos pelo obstetra.

É super necessário evitar ou tratar lombalgias, quanto antes possível, para que essas dores não sejam intensificadas e acabem por prejudicar a saúde da gestante. Afinal de contas, é ideal que este período seja de tranquilidade e repleto de lembranças positivas.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, ficar em repouso excessivo não é uma boa opção e pode piorar as crises de lombalgia. Isso acontece porque o desuso causa enfraquecimento e encurtamento muscular.

Estudos comprovam que o Pilates é eficaz para reduzir a dor lombar na grande maioria das gestantes.

 

lombalgia

Separei algumas dicas para aliviar a dor lombar:

1 – Faça Pilates regularmente

Não falte às aulas. Lembre-se que para alcançar resultados precisamos de constância.

2 – Preocupe-se com a sua postura

Uma postura errada, principalmente ao sentar-se, pode acarretar inúmeras compensações e consequentes dores.

3 – Tome cuidado com a escolha dos seus calçados

Saltos muito altos e/ou calçados desconfortáveis podem gerar uma série de mudanças na postura, gerando impacto na coluna e consequentes dores lombares.

4 – Não fique muito tempo na mesma posição

Intercalar posições alivia o desconforto e o incômodo causado pelas dores.

5 – Técnicas de relaxamento

Aprenda técnicas de relaxamento para aliviar as tensões e desconfortos. Essas técnicas podem ser ótimas aliadas para uma boa noite de sono.

6 – Mantenha o peso adequado para sua gestação

O excesso de peso sobrecarrega joelhos e coluna, gerando dores. Por isso é importante manter uma alimentação equilibrada associada a atividade física. Isso proporcionará uma gestação saudável.

7 – Compressas quentes

Tomar um banho quente ou até mesmo usar uma compressa quente na região da dor é uma ótima forma de aliviar o desconforto.

Como o Pilates pode ajudar?

O Pilates é um método que pode ser usado tanto na prevenção, quanto na diminuição das dores lombares em gestantes. O mais interessante é que o método pode ser aplicado visando atender as necessidades específicas de cada mulher, sendo adaptado para cada uma.

Através de exercícios variados e com poucas repetições, trabalhando concentração, respiração, força, estabilidade, precisão de movimentos e fluidez, a gestante reorganiza seu centro de força (abdome, quadril e lombar) melhorando a postura e minimizando as compensações comuns nesse período da vida.

Além disso, fazer Pilates durante a gestação alonga e fortalece a musculatura perineal preparando a mulher para os momentos do parto e pós-parto.

Gostou das dicas da Renatha Cruz sobre o tratamento da lombalgia em gestantes? Então comenta aqui embaixo e compartilha com alguém. E não deixe de seguir a Revista Pilates e a Negócio Pilates no Instagram!

Compartilhar:

Destaques do mês

Confira nosso blog

BAIXE NOSSOS E-BOOKS gratuitamente

Sobre Nós
Um canal digital que fornece informações para a comunidade do Pilates, incluindo praticantes, instrutores, profissionais da saúde, profissionais de educação física, fisioterapeutas e estudantes.

FALE CONOSCO

Preencha o formulário abaixo, e em breve entraremos em contato!