Colesterol elevado X Alimentos funcionais

Os alimentos funcionais são constituídos por substâncias ou componentes alimentares que agem em benefício da saúde, inclusive na prevenção e no tratamento de doenças cardiovasculares.

As doenças cardiovasculares são silenciosas, mas no Brasil causam mais de 300 mil mortes todos os anos, segundo dados do Ministério da Saúde. E um dos principais motivos para a ocorrência delas também não apresenta sintomas: o colesterol ruim em níveis altos.

Para se ter uma ideia, os especialistas estimam que 50% dos ataques cardíacos poderiam ser evitados se a taxa dessa substância estivesse controlada.

Entretanto, é possível controlar o problema com mudanças de hábitos. Assim, não é preciso recorrer à medicação para reduzir o colesterol ruim e afastar o risco de doenças cardiovasculares.

Essas mudanças de hábitos incluem uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras, carboidratos integrais e fitoquímicos (revitalizadores, protetores, e antioxidantes que protegem o corpo das doenças, apontando para o caminho da nutrição preventiva. São os pigmentos responsáveis pela imensa variedade de cores das plantas, como: os carotenoides (betacaroteno das cenouras e licopeno de tomates e melancias), os flavonoides das frutas cítricas, os polifenóis de uvas e azeite de oliva, a clorofila das hortaliças e muitos outros), os quais ajudam a prevenir muitos problemas de saúde, inclusive a alteração dos níveis de colesterol.

PUBLICIDADE
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates
MetaLife Pilates

Confira alguns alimentos indicados para a redução dos níveis de colesterol:

Pescados
Essa carne também é pobre em gordura saturada. Alguns pescados, como a sardinha, possuem a gordura boa ômega 3, que é anti-inflamatória e ajuda na manutenção do colesterol.

Azeita de oliva extravirgem
O azeite de oliva extravirgem, ajuda a aumentar o bom colesterol (HDL) e a diminuir o ruim (LDL). Além disso, ele é rico em substâncias anti-inflamatórias e antioxidantes.

Gorduras boas, como as do abacate, de nozes e castanhas
Nos lanches do dia, prefira consumir alimentos ricos em gorduras boas, como o caso do abacate, de nozes e castanhas. Assim como o azeite de oliva extravigem, eles aumentam o HDL e diminuem o LDL.

Farelo de Aveia
O farelo de aveia é uma fonte natural de betaglucanas, fibras que auxiliam na redução do colesterol ruim.

Farinha de Berinjela  
A farinha de berinjela é rica em fibras solúveis e insolúveis que auxiliam na redução do colesterol.

Óleo de coco
O óleo de coco mantém a glicemia em equilíbrio, o que ajuda na manutenção dos níveis do colesterol.

Receita para auxiliar na redução do colesterol:

Vitamina funcional:

2 col de sopa de abacate

2 col de sopa de leite de coco

250ml de água filtrada

1 col de sopa de farelo de aveia

1 col de sobremesa de farinha de berinjela

3 amêndoas

-Adoçar com mel, açúcar mascavo ou açúcar demerara;

-Bater tudo no liquidificador e utilizar como um lanche da manhã ou lanhe da tarde.

Taynara Laurentino
Nutricionista e Especialista em Nutrição Clínica (CRN: 1878)

5 COMENTÁRIOS