Pesquisar
Close this search box.

+80K

+390K

Pesquisar
Close this search box.

+80K

+390K

Aromaterapia

Exercício>Aroma>Aroma>Exercício

Por: Drª Adriana Nunes Wolffenbüttel

É de conhecimento dos atletas, desportistas, bailarinos, frequentadores de academias e estúdios, bem como dos profissionais das mais diversas áreas da saúde, médicos – cardiologistas, imunologistas, neurologistas e pneumologistas -, fisioterapeutas, educadores físicos, outros, que a prática dos exercícios estimula e melhora as capacidades cardíaca, imunológica, cognitiva, respiratória e pulmonar, com a sua sistematização. Segundo os pesquisadores Meamarbashi (2013)  e Jaradat (2016) da revista científica Journal of the International Society of Sports Nutrition, o aumento destas capacidades estimula e aumenta a sensação olfativa.

É comum dar-se conta da percepção das nuances olfativas de um aroma, após a execução de uma série de exercícios físicos. Tal fato está relacionado com a conexão entre as moléculas dos aromas e os seus específicos receptores olfativos (RO, ou OR odorant receptors), localizados na área do epitélio olfativo ou olfatório.

Na cavidade nasal temos duas regiões distintas entre si: epitélio respiratório e epitélio olfatório. O epitélio respiratório localiza-se na parte interna frontal do nariz, ou seja, onde nosso dedo alcança. O epitélio olfatório, localiza-se na área interna posterior superior, em uma região muito protegida; podemos dizer que fica localizado atrás de onde nossos óculos “descansam” sobre o nariz. Os RO estão presentes apenas na região do epitélio olfatório, sendo que cada RO tem a capacidade de se conectar com uma específica molécula aromática, naquele conhecido sistema “chave- fechadura”.

Ao inalarmos os aromas dos óleos essenciais, constituídos por componentes específicos biossintetizados pelas plantas, também podemos melhorar a nossa capacidade respiratória e pulmonar. Além disto ao executarmos exercícios iremos estimular a nossa percepção aromática.

Este interessante sistema, onde a percepção do aroma é estimulada pela prática de exercícios, bem como a prática de exercícios estimula a percepção aromática é o que denominamos de sistema cíclico positivo.

Assim, trazemos a vocês a Aromaterapia como método agradável e natural, o qual atua harmoniosamente durante a atividade física.

Drª Adriana Nunes Wolffenbüttel

Química, Drª em Ciências Farmacêuticas, autora do livro Base da Química dos Óleos Essenciais e Aromaterapia (dr.adriananw.aromatologia@gmail.com)

Referências citadas:

Imagens Pixabay

Meamarbashi, A., & Rajabi, A. (2013). The effects of peppermint on exercise performance. Journal of the International Society of Sports Nutrition, 10(1), 15.

Jaradat, N. A., Al Zabadi, H., Rahhal, B., Hussein, A. M. A., Mahmoud, J. S., Mansour, B., … & Issa, A. (2016). The effect of inhalation of Citrus sinensis flowers and Mentha spicata leave essential oils on lung function and exercise performance: a quasi- experimental uncontrolled before-and-after study. Journal of the International Society of Sports Nutrition, 13(1), 36.

Compartilhar:

Redes Sociais

Mais Populares

Receba as últimas atualizações

Seja dono do seu estúdio

Categorias

Destaques do mês

Confira nosso blog

BAIXE NOSSOS E-BOOKS gratuitamente

Sobre Nós
Um canal digital que fornece informações para a comunidade do Pilates, incluindo praticantes, instrutores, profissionais da saúde, profissionais de educação física, fisioterapeutas e estudantes.

FALE CONOSCO

Preencha o formulário abaixo, e em breve entraremos em contato!