A arte de pilatear: The Scissors

The Scissors é um exercício de solo da série Original de Pilates. Trabalha e exige muita estabilidade pélvica e escapular, flexibilidade dos flexores de quadril e concentração para que a movimentação aconteça sob o controle do Power house. O objetivo é mexer apenas as pernas, mantendo o tronco e a bacia firmes e parados. Exatamente por demandar tanto domínio sobre várias partes do corpo, ele faz parte do repertório avançado de Joseph. Existe toda uma sequência de exercícios anteriores a este. Portanto, não pule etapas, nem precipite seu aluno, caso seja um instrutor.

Independentemente das habilidades, se não se sentir confortável na posição ou tiver problemas cervicais, talvez não valha a pena insistir.

Comece deitado de barriga para cima, deixe os seus braços apoiados no chão e sinta seu peso no apoio das escápulas e ombros. Desta forma, você começa a sentir a abertura do peito e a estabilidade da cintura escapular.

Leve os joelhos ao peito e suba a bacia, enrolando a coluna e parando na linha dos ombros.

Dobre os cotovelos, mantendo-os no chão, abaixo da bacia, e apoie a pélvis com as mãos.

PUBLICIDADE
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo
Five de um UP no seu estúdio
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo

Estique as pernas unidas para o teto, fazendo a vela. Nesta posição, mantendo o apoio das mãos, a região lombar não está em flexão, e sim neutra, ou seja, com a pequena lordose fisiológica. Isto provoca uma maior instabilidade e é o que faz o exercício ser complexo. Portanto, você precisará de muita atenção para manter o Power house sempre acionado.

Quando necessário, ajuste os ombros e lembre-se que o peso fica nas escápulas e não na cervical. O peito deve permanecer aberto e os braços firmes no chão, dando o suporte ao corpo.

Faça o movimento da tesoura com as pernas. O grande erro deste exercício é levar a perna da frente em uma grande amplitude e não levar a outra perna para trás. O foco é a abertura da coxo femoral, portanto leve uma perna para trás o máximo possível sem estender a lombar. A outra vai à frente somente na amplitude que não provoque compensações. Realize o movimento sem dobrar os joelhos, mesmo que para isso a amplitude seja pequena. Aos poucos vá avançando.

Faça duas batidinhas com as pernas antes de trocá-las e, ao inverter a posição, mantenha a bacia completamente estável, somente os membros inferiores devem mexer.

Legal é trabalhar a tesoura seguindo todos os princípios, sem cortar o barato de Joseph.

Monique Ayala
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 69066-F

Hellen Morita
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 76136-F

PUBLICIDADE
Linha Infinity 2021 Turbine seu estúdio
Linha Infinity 2021 Turbine seu estúdio
Five de um UP no seu estúdio