Pesquisar
Close this search box.

+80K

+390K

Pesquisar
Close this search box.

+80K

+390K

A arte de pilatear: The Scissors

The Scissors é um exercício de solo da série Original de Pilates. Trabalha e exige muita estabilidade pélvica e escapular, flexibilidade dos flexores de quadril e concentração para que a movimentação aconteça sob o controle do Power house. O objetivo é mexer apenas as pernas, mantendo o tronco e a bacia firmes e parados. Exatamente por demandar tanto domínio sobre várias partes do corpo, ele faz parte do repertório avançado de Joseph. Existe toda uma sequência de exercícios anteriores a este. Portanto, não pule etapas, nem precipite seu aluno, caso seja um instrutor.

Independentemente das habilidades, se não se sentir confortável na posição ou tiver problemas cervicais, talvez não valha a pena insistir.

Comece deitado de barriga para cima, deixe os seus braços apoiados no chão e sinta seu peso no apoio das escápulas e ombros. Desta forma, você começa a sentir a abertura do peito e a estabilidade da cintura escapular.

Leve os joelhos ao peito e suba a bacia, enrolando a coluna e parando na linha dos ombros.

Dobre os cotovelos, mantendo-os no chão, abaixo da bacia, e apoie a pélvis com as mãos.

Estique as pernas unidas para o teto, fazendo a vela. Nesta posição, mantendo o apoio das mãos, a região lombar não está em flexão, e sim neutra, ou seja, com a pequena lordose fisiológica. Isto provoca uma maior instabilidade e é o que faz o exercício ser complexo. Portanto, você precisará de muita atenção para manter o Power house sempre acionado.

Quando necessário, ajuste os ombros e lembre-se que o peso fica nas escápulas e não na cervical. O peito deve permanecer aberto e os braços firmes no chão, dando o suporte ao corpo.

Faça o movimento da tesoura com as pernas. O grande erro deste exercício é levar a perna da frente em uma grande amplitude e não levar a outra perna para trás. O foco é a abertura da coxo femoral, portanto leve uma perna para trás o máximo possível sem estender a lombar. A outra vai à frente somente na amplitude que não provoque compensações. Realize o movimento sem dobrar os joelhos, mesmo que para isso a amplitude seja pequena. Aos poucos vá avançando.

Faça duas batidinhas com as pernas antes de trocá-las e, ao inverter a posição, mantenha a bacia completamente estável, somente os membros inferiores devem mexer.

Legal é trabalhar a tesoura seguindo todos os princípios, sem cortar o barato de Joseph.

Monique Ayala
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 69066-F

Hellen Morita
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 76136-F

Compartilhar:

Redes Sociais

Mais Populares

Receba as últimas atualizações

Seja dono do seu estúdio

Categorias

Destaques do mês

Confira nosso blog

BAIXE NOSSOS E-BOOKS gratuitamente

Sobre Nós
Um canal digital que fornece informações para a comunidade do Pilates, incluindo praticantes, instrutores, profissionais da saúde, profissionais de educação física, fisioterapeutas e estudantes.

FALE CONOSCO

Preencha o formulário abaixo, e em breve entraremos em contato!