11 dicas de exercícios de mat com o Pilates Circle

Hoje vou falar um pouquinho sobre um acessório bem conhecido, o Pilates Circle, também chamado magic circle. Ele pode ser incluído naaulas de MAT, ou mesmo em movimentos combinados nos equipamentos, para enriquecer o repertório e desafiar os alunos. O Pilates Circle permite a execução de movimentos exclusivos e dinâmicos, aumentando as possibilidades de exercícios para as suas aulas, tornando-as ainda mais motivantes e dinâmicas. 

Irei demonstrar 11 dicas de exercícios de MAT com o Pilates Circle para você aplicar em suas aulas, ou praticar em casa. 

1 – Hundred 

Posição Inicial:
Deitado em decúbito dorsal, com as pernas em table top e o Circle entre os tornozelos, braços apoiados na lateral do quadril.  

Execução: 
Realizar flexão de caixa torácica estendendo as pernas no seu ponto mais desafiador, trazendo os braços na lateral do quadril. Inspirar, bombeando os braços firmes e precisos em 5 tempos, e expirar, bombeando os braços em 5 tempos. Repetir 10 vezes para completar 100 bombeamentos. 

Dicas:
Direcionar o
 olhar para o púbis durante o movimento, pernas podem ser colocadas em três pontos: table top, estendidas para o teto ou manter estendidas mais em baixo, em um ponto mais desafiador. 

PUBLICIDADE
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo
Five de um UP no seu estúdio
Linha WAVE 2.0 estúdio completo, design exclusivo

2 – Roll Up 

Posição Inicial: 
Deitado em decúbito dorsal, com as pernas estendidas e unidas em flexão plantar (ponta), braços estendidos na lateral das orelhas, segurando o Pilates Circle, mantendo o abdômen contraído. 

Execução: 
Inspire, apontando os braços para o teto, e expire, realizando flexão da caixa torácica. A
cabeça entra em um quadro, mirando direto para o umbigo. Suba pela força do abdômen, sentando e alongando à frente com os braços, fazendo dorsiflexão com o pés (flex). Inspire e expire, retornando os pés em flexão plantar (ponta) e desça o tronco articulando a coluna vértebra por vértebra, mantendo os braços na lateral do rosto, desafiando o abdômen sem deixar os ombros subirem. Mantenha o “redondinho” da coluna até deitar novamente, voltando para a posição inicial. Repetir 6 vezes o movimento 

Dicas: 
Manter pernas unidas o tempo todo e s
empre pensar nos três ímas das pernas.  

 

3 – Double Leg Stretch 

Posição Inicial: 
Deitado em decúbito dorsal com as pernas em table top e o Circle entre os tornozelos, tronco em flexão de caixa torácica, mãos segurando mais próximas dos tornozelos possível, puxando as pernas para você, mantendo cotovelos abertos e ombros longe das orelhas. 

Execução: 
Inspire e expire estendendo as 
pernas à frente. Braços estendidos na lateral das orelhas. Inspire e expire, voltando os braços em círculo para a posição inicial. Repetir 10 vezes o movimento. 

Dicas: 
Manter o olhar para o púbis o tempo todo.
 

4 – Spine Stretch 

Posição Inicial:
Sentado com as pernas estendidas e levemente afastadas, com um palmo a mais dos ísquios, pés em dorsiflexão, braços estendidos à frente com as mãos apoiadas sobre o Circle 

Execução: 
Inspire e expire realizando flexão de caixa torácica,
pressionando o Circle. Inspire desenrolando a coluna, retornando para a posição inicial. Repetir 6 vezes o movimento. 

Dicas:
Sempre pensar em puxar o abdômen para dentro e para cima, e tomar cuidado para não subir ombros nas orelhas. 

5 – Neck Pull 

Posição Inicial:
Deitada em decúbito dorsal, com as pernas estendidas e unidas, com os pés em dorsiflexão. Colocar o Circle atrás da nuca e segurar com as mãos, ao mesmo mantendo cotovelos apontados para o teto. 

Execução:
Inspire e expire subindo
com a força do abdômen, trazendo a testa direto nos joelhos, alongando coluna. Inspire desenrolando a coluna sentandoexpire descendo em Flat Back. Sustentar articular a coluna até deitar, voltando para a posição inicial. Repetir 6 vezes o movimento. 

Dicas:
Q
uando trouxer a testa na direção dos joelhos, pensar em mostrar o olho da nuca. 

6 – Shoulder Bridge 

Posição Inicial: 
Deitado no
mat em decúbito dorsal, com os joelhos dobrados e os pés apoiados, mantendo o Circle entre as pernas, com os braços apoiados na lateral do quadril. 

Execução:
Inspire e expire subindo o quadril em
ponte, vértebra por vértebra, articulando a coluna. Inspire e expire, descendo mobilizando. Repetir 10 vezes o movimento. 

Dicas:
Ao subir, pensar em alongar os joelhos para longe do quadril, mantendo-os fechados.

7 – Spine Twist 

Posição Inicial:
Sentado com as pernas estendidas e levemente afastadas, com um palmo a mais dos ísquios, pés em dorsiflexão, braços à frente, abraçando o Circle e mantendo os cotovelos abertos e os ombros longe das orelhas. 

Execução:
Inspire e expire fazendo rotação de tronco. O olhar acompanhando o movimento. Inspire, retornando para a posição inicial, e expire, rotacionando para o outro lado. Realizar 6 vezes o movimento, alternando os lados. 

Dicas:
M
anter o crescimento de coluna o tempo todo. 

 8 – Teaser 

Posição Inicial:
Deitado em decúbito dorsal, com as pernas estendidas e unidas para o teto, com o Circle apoiado nos metatarsos. Braços estendidos segurando o acessório. 

Execução:
Inspire e expire subindo pernas, braços e tronco (tudo junto), sentando no ar, mantendo o equilíbrio. Em cima, dobre os cotovelos para fora, puxando as pernas para você. Inspire e expire, voltando com controle para a posição inicial. Repetir 10 vezes o movimento. 

Dicas:
Ao subir, direcionar o olhar para o umbigo. Cresce olhando à frente, e desce olhando para o umbigo novamente.  

9-Teaser Unilateral 

Posição Inicial:
Deitado em decúbito dorsal com as pernas estendidas – uma apoiada e alongada no mat, a outra alongada para o teto, com o Circle apoiado no metatarso. Braços estendidos segurando o acessório. 

Execução: 
Inspire e expire, subindo
 a perna de cima à frente. Braços e tronco, tudo junto, sentando no ar, mantendo o equilíbrio. Em cima, dobre os cotovelos para fora, puxando as pernas para você. Inspire e expire, voltando com controle para a posição inicial. Repetir 6 vezes os movimentos e inverter os lados. 

Dicas:
Manter a perna de baixo o tempo todo bem apoiada e estabilizada.  

10 – Rollover 

Posição Inicial:
Deitado em decúbito dorsal, com as pernas estendidas e unidas para o teto, com o Circle apoiado nos metatarsos e os braços estendidos segurando o acessório. 

Execução: 
Inspire e expire 
rolando as pernas para trás da cabeça, apoiando o circle no mat, puxando bem as pernas, alongando-as. Inspire e expire, voltando com controle, vértebra por vértebra, para a posição inicial. Repetir 10 vezes o movimento. 

Dicas:
N
a descida do movimento colocar mesmo o abdômen para trabalhar, controlando a volta. 

11-Push Up 

Posição Inicial:
E
m posição de prancha, com o Pilates Circle apoiado em baixo do abdômen. 

Execução: 
Inspire e expire,
realizando flexão de cotovelos fechados. Inspire alongando os braços. Repetir o movimento 10 vezes. 

Dicas:
M
anter os dedos das mãos bem abertos. 

Espero que vocês tenham gostado dessas dicas de exercícios de MAT com esse acessório sensacional, que é o Pilates Circle. Até a próxima pessoal 

Flávia Mônica Marques Bispo da Silva
Second Generation Pilates Teacher by Lolita San Miguel
Educadora Física, e Especialista em Ergonomia e em Método Pilates pela Universidade Gama Filho.
@flaviamonica_pilates

PUBLICIDADE
Linha Infinity 2021 Seu Sucesso num Flash
Linha Infinity 2021 Seu Sucesso num Flash
Five de um UP no seu estúdio