saude-mental-capa

Como uma Boa Alimentação e o Pilates Ajudam a Saúde Mental

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, saúde mental é um termo usado para descrever o nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional.

A saúde Mental pode incluir a capacidade de um indivíduo de contemplar a vida e procurar um equilíbrio entre as atividades e os esforços para atingir a recuperação psicológica.

Admite-se, apesar disso, que o conceito de Saúde Mental é mais amplo que a inexistência de transtornos mentais.

Todos nós possuímos limites, sabemos que não podemos ser tudo para todos, que falhamos, e que precisamos lidar diariamente com frustrações, tristeza, raiva, alegria, amor, satisfação.

A forma como agimos diante às exigências da vida tem tudo a ver com nossa saúde mental.

Uma forma para ajudar a lidar com tantos sentimentos em várias fases da vida é praticar exercícios físicos que trabalham corpo e alma e ter uma alimentação equilibrada, com alimentos mais saudáveis e naturais possíveis.

Afinal o que é Saúde Mental?

saude-mental-1

Saúde mental é um estado de equilíbrio emocional e a capacidade de administrar a própria vida sabendo lidar com as requisições da vida externa.

É conseguir ser sujeito das próprias ações sem perder a noção do tempo e espaço, do real e do precioso, estar bem consigo e com o outro.

É saber lidar com as emoções agradáveis e desagradáveis da vida e saber reconhecer as próprias limitações.

Benefícios de uma Alimentação Saudável na Saúde Mental

saude-mental-2

Uma alimentação rica em alimentos naturais com boas fontes de alguns nutrientes é fundamental na manutenção da saúde mental.

Um desempenho mental equilibrado é promovido por níveis satisfatórios de micronutrientes no organismo.

Diversas substâncias nutricionais estão associadas com a saúde do cérebro, como as vitaminas do complexo B, com destaque para a vitamina B12 e B9 (ácido fólico).

A vitamina B12 aumenta o fluxo de sangue para o cérebro, além de otimizar o metabolismo energético, criar novas células, aumentar a função imunológica e prevenir demências e o declínio cognitivo.

O ácido fólico, ou vitamina B9, auxilia a produção se serotonina, um neurotransmissor responsável pelo bom humor e bem-estar.

Os neurotransmissores controlam diversas ações, como humor, apetite, memória, aprendizado, fome, saciedade, sono, sintomas de estresse e depressão, além de controle emocional.

A deficiência de serotonina está ligada a doenças como depressão, ansiedade e mal de Parkinson.

O ômega 3 é uma gordura boa que envolve a membrana dos neurônios, aumentando a capacidade de aprendizado e memória, trazendo equilíbrio e estabilidade emocional, reduzindo doenças neurodegenerativas como Alzheimer e evitando o desenvolvimento de processos inflamatórios, auxiliando no tratamento da depressão, doença bipolar e depressão pós-parto.

A deficiência de ômega 3 nos adultos pode causar depressão, agressividade, fadiga, humor instável e dificuldade de memória.

A vitamina D precisa de exposição solar para ser ativada e já está comprovado a menor incidência de depressão em quem se expõe ao sol e possui níveis adequados da vitamina.

Assim como a vitamina B9, está envolvida na liberação de neurotransmissores do bem-estar. Então mais vitamina D é sinônimo de melhor humor e capacidade cognitiva.

Vitaminas antioxidantes, como a vitamina A, E e C exercem um papel protetor das células cerebrais, neutralizando os radicais livres, moléculas que, em excesso, são tóxicas, atacando as células sadias.

Os probióticos, bactérias benéficas, melhoram nossa função imunológica e a saúde intestinal, e ajudam a aumentar a absorção de nutrientes, como a vitamina B. Essas bactérias podem influenciar o cérebro e a produção hormonal. Certos probióticos podem reduzir sintomas depressivos, de ansiedade e distúrbios psicológicos.

Prática do Pilates e Saúde Mental

saude-mental-3

Pilates é um método que trabalha corpo e mente em conjunto, com princípios como respiração, controle, precisão, concentração, força, alongamento, fluidez e tonificação.

O foco do método é plena integração entre corpo e mente, auxiliando, portanto, na saúde mental e física.

Os movimentos são realizados sem pressa, afastando o estresse e a exaustão. É um excelente exercício para aliviar as tensões do dia a dia, melhorando o humor e a disposição ao juntar técnicas de respiração e controle.

Isso torna as pessoas menos ansiosas e estressadas e provoca relaxamento mental e aumento da autoestima ao longo do tempo de prática, contribuindo imensamente para o equilíbrio da saúde mental.

Conclusão

saude-mental-5

As vezes podemos falhar no nosso equilíbrio e saúde mental. As obrigações do dia a dia nos inundam de sentimentos e sensações boas e ruins, que nem sempre conseguimos lidar bem.

Buscar auxílio médico quando percebemos que perdemos o controle da nossa vida é fundamental, mas a prática de exercícios que auxiliam corpo e mente, como o Pilates, e uma alimentação rica em nutrientes faz-se necessário na prevenção e tratamento dos distúrbios mentais.

Os nutrientes ajudam na proteção das células cerebrais e protege contra lesões degenerativas, melhorando a circulação sanguínea e reduzindo os processos inflamatórios.

Quem possui níveis favoráveis de vitaminas como B12, B9, antioxidantes com A, C e E, além de ômega 3, possui melhores resultados em testes cognitivos, que são testes que rastreiam as diversas funções ligadas ao conhecimento e aprendizado.

A deficiência nutricional leva a envelhecimento cerebral e desenvolvimento de doenças neurodegenerativas, portanto, o papel da nutrição é manter o equilíbrio necessário para a química do cérebro funcionar adequadamente.

Uma alimentação rica em frutas, vegetais, frutos do mar, grão integrais não processados, gorduras do bem como azeite e ômega 3, probióticos e controlada em carnes vermelhas e produtos lácteos diminuem os riscos de depressão, doença considerada o mal do século pela Organização Mundial da Saúde.

Gerenciar o estresse, compartilhar as dificuldades do dia a dia, fazer atividade prazerosas como o Pilates e manter a cabeça ativa e livre de pensamentos negativos assegura o bem-estar emocional.

Se você sente que não vive sua vida em plenitude mesmo com uma boa alimentação e a prática de atividade física, reconheça seus limites e busque ajuda profissional.

Os profissionais mais indicados nessa jornada será uma equipe multiprofissional, com psiquiatra, psicólogo, terapeuta ocupacional, nutricionista, fisioterapeuta e educador físico.

Rachel-Nutricionista

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>