resultados-no-Pilates-capa

Como alcançar bons resultados no Pilates no prazo certo?

Quando uma pessoa passa a praticar o Método criado por Joseph Pilates, sempre questiona o seu instrutor sobre quando os resultados no Pilates irão começar a aparecer.

Isso acontece pois, muito se fala sobre os diversos benefícios que a prática do Pilates podem garantir. Além disso, o Imediatismo é a palavra da vez para a maioria dos iniciantes do Pilates e para o estilo de vida atual.

Por isso, é muito comum ouvir frases como: ‘’quando vou parar de sentir dores? ’’, ‘’vou emagrecer com Pilates? ’’, ‘’quando vou poder fazer exercícios avançados? ’’.

Essas são apenas algumas das frases típicas da maioria dos Pilateiros iniciantes, que demonstram a ansiedade em conquistar um novo corpo e evoluir dentro do Método o mais rápido possível.

Porém, é importante lembrar que nada se conquista da noite para o dia, ou seja, ninguém emagrece de forma saudável em dois dias, não define o corpo e nem aprende a controlar o corpo em tão pouco tempo.

O trabalho da Contrologia é difícil, e é necessário paciência e perseverança para alcançar os resultados no Pilates, que são muitos.

Desta forma, você irá entender agora como conquistar os resultados no Pilates no prazo certo e quais são os motivos que interferem nessa conquista.

Conhecendo mais sobre o Método Pilates

resultados-no-Pilates-1

Como já sabemos, o Método foi criado por Joseph Pilates, onde através de seu conhecimento, ele criou uma variedade de exercícios que utilizam a própria força do corpo para serem realizado, baseando-se na sua experiência prática com exercícios e estudos realizados de forma independente.

Todos esses exercícios possuem uma série de variações que procuram estabelecer uma pressão de complexidade e intensidade.

O repertório do método auxilia no ganho de flexibilidade, força e outros tantos benefícios que o Pilates oferece para saúde, como redução de dores lombares e melhora na qualidade de vida em geral.

Todo o Método está baseado em seis princípios que pretendem devolver ao homem uma movimentação mais espontânea e consciente sendo eles: centralização (powerhouse), a concentração, o controle, a fluidez de movimento, a precisão e a respiração.

Centralização: também pode ser conhecido como “Power House”, casa de força ou simplesmente centro. É um conjunto de músculos que são responsáveis pela sustentação da coluna e dos órgãos internos além de serem motores primários e secundários da flexão, rotação e extensão da coluna e flexão e extensão do quadril.

É um conjunto de músculos que são responsáveis pela sustentação da coluna e dos órgãos internos.

Quando você realiza o fortalecimento desta musculatura, você proporciona a estabilização do complexo coluna-pelve e um alinhamento biomecânico que pode proporcionar um menor gasto energético pela diminuição de co-contrações que antes eram necessárias para proporcionar a estabilidade que músculos fracos falham em gerar.

Os músculos que ganham esta fortificação são: as quatro camadas do abdômen (reto abdominal, oblíquo externo, oblíquo interno e transverso do abdômen), assoalho pélvico, eretores profundos da coluna, flexores e extensores do quadril.

Além dos movimentos em si, a prática da respiração ajuda muito no fortalecimento desta musculatura uma vez que os oblíquos e o transverso abdominal tem papel acessório na respiração.

Concentração: conforme dito pelo criador do Pilates, Joseph Pilates, É a mente que guia o corpo, por isso, é importante dar atenção e importância de todas as partes do corpo para que o movimento seja realizado com a maior eficiência possível.

Desta forma, quando você utiliza a concentração, sua mente transforma um pensamento em movimento, realizando os movimentos do Método de forma eficaz para o corpo. Além disso, atualmente se sabe que exercícios que envolvam uma maior demanda cognitiva, aqueles que temos que pensar no que estamos fazendo, apresentam potencial de gerar maior ativação muscular.

Controle: este princípio é uma melhor execução para obter o movimento desejado pois, a partir do momento em que você possui controle, seu corpo garante um padrão suave e harmônico de movimento, realizando a tarefa com especificidade.

Além disso, o aprendizado motor dos movimentos (controle), também faz parte dos objetivos e benefícios do Pilates e está diretamente relacionado com o princípio da Concentração.

Fluidez: este princípio é responsável por ajudar na leveza dos movimentos, permitindo a utilização apenas da energia necessária para o movimento, sem desperdício.

Os movimentos não têm início, meio ou fim. Desta forma, o organismo aproveita a fase concêntrica e excêntrica dos exercícios, resultando num treino equilibrado e funcional e protegendo os tecidos de possíveis desgastes prematuros.

Precisão: este princípio diz respeito ao refinamento do controle e equilíbrio dos diferentes músculos envolvidos num movimento, sem gasto desnecessário de energia a partir de contrações inadequadas, sejam elas exageradas ou deficientes.

Respiração: a respiração deve ser sempre coordenada com o movimento para que os movimentos possam trazer todos os benefícios proposto pelo Método.

Quando você trabalha a respiração no Método Pilates, a expiração deve ser forçada e a inspiração deve ser o mais natural possível.

Esse mecanismo utiliza a musculatura profunda do abdômen (oblíquos e transverso do abdômen), além do assoalho pélvico e eretores profundos da coluna (principalmente os multífidos).

A ativação desta musculatura promove uma melhor estabilização da região lombo-pélvica durante o exercício.

Além disso, existem evidências que apontam que o uso do princípio da respiração, seja em exercícios de Pilates ou em exercícios convencionais, tem a capacidade de aumentar a ativação da musculatura envolvida, por diminuir os movimentos compensatórios, resultado que uma maior estabilização da coluna devido a forma que se executa a respiração

A inspiração deve ser enfatizada lateralmente e posteriormente, ou seja, tridimensional, o que otimiza as trocas gasosas, melhorando a oxigenação dos tecidos e a capacidade pulmonar.

Além disso, a respiração adequada favorece a organização do tronco, a sustentação lombo-pélvica e o relaxamento da musculatura inspiratória acessória dos ombros e do pescoço.

Sendo assim, podemos dizer que o Pilates é um Método composto por movimentos que trazem diversos benefícios para o ser humano, independentemente da fase de vida em que ela está passando.

Os benefícios do Pilates

resultados-no-Pilates-2Quando você pratica Pilates, seu corpo garante diversos benefícios como:

  • Fortificação do corpo;
  • Flexibilidade;
  • Relaxamento tanto do corpo quanto da mente;
  • Reabilitação de diversas patologias;
  • Melhora do condicionamento físico;
  • Tonificação muscular;
  • Melhora da qualidade do sono;
  • Aumento da coordenação motora;
  • Melhora da consciência corporal;
  • Mantêm a boa forma;
  • Alongamento de todo o corpo;
  • Aumento do equilíbrio;
  • Melhora da postura;
  • Eliminação das toxinas do corpo;
  • Ajuda no complemento de outros treinos;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Redução do estresse, ansiedade e outros possíveis problemas emocionais;
  • Aumento da autoestima;
  • Aumento do bem-estar.

Em quanto tempo os resultados do Pilates começam a aparecer

resultados-no-Pilates-3

Quando uma pessoa busca os resultados do Pilates, ela deve levar em conta que nenhum Pilateiro é igual ao outro.

Sendo assim, sempre haverá controversas sobre quando os resultados do Pilates irão começar a surgir. O Método Pilates possui diversas vantagens, pois pode ser praticado por qualquer pessoa com sessões duas à três vezes por semana.

Porém, não são todos que possuem tanta disponibilidade de tempo para realizar os exercícios, desta forma, o Pilates também pode ser praticado uma vez por semana ou ser complementado por alguma outra atividade física.

Para aqueles que praticam o Método regularmente, os resultados começarão a aparecer com cerca de um mês e meio, porém, eles ainda não serão resultados estéticos e sim para a saúde.

Os primeiros resultados que podemos observar, logo nas primeiras sessões são a melhora na flexibilidade, melhora na postura e redução de circunferência abdominal.

A flexibilidade é uma valência que apresenta adaptação rápida, visto que grande parte dos exercícios iniciantes são voltados para alongamento de cadeia posterior.

Essa característica existe devida a necessidade de flexibilidade para a evolução na complexidade dos exercícios. A progressão no método é dependente de uma melhor amplitude de movimento articular.

A melhora da postura é consequência da melhora da flexibilidade juntamente com um fortalecimento de transverso abdominal e ganho de consciência corporal através dos princípios do Método.

Em relação a redução da circunferência abdominal, grande parte dos praticantes chegam no Studio com fraqueza do músculo transverso abdominal.

Esse músculo é responsável pela sustentação das vísceras e estabilização da coluna pelo aumento da pressão interna abdominal.

Dessa forma, logo nas primeiras aulas, ao fortalecer esse musculo, ele gera uma maior compressão e sustentação visceral, reduzindo a circunferência abdominal por uma melhor organização interna.

Ou seja, esse músculo funciona como uma cinta, ele responde rapidamente aos primeiros estímulos “apertando” a região abdominal e consequentemente reduzindo a circunferência.

Vale lembrar que os resultados irão funcionar diferente para cada pessoa, pois os exercícios serão realizados conforme os objetivos do praticante, beneficiando-se então de forma diferente em cada corpo.

O que pode dificultar os resultados do Pilates?

resultados-no-Pilates-4

Existem alguns fatores que podem influenciar na demora para se conquistar os resultados no Pilates.

Dentre esses fatores, podemos citar alguns aspectos como má alimentação, poucas horas de sono, desidratação, excesso de atividades físicas e uso de medicamentos.

Em cada caso, são criadas barreiras que acabam impedindo o ser humano de conquistar os benefícios do Método, gerando então algumas dificuldades.

  • Falta de conhecimento do Método

Não saber como funciona o Método, acaba gerando uma barreira para que o indivíduo possa conquistar seus resultados no Pilates.

Existem pessoas que acreditam que da noite para o dia já podem tornar-se praticantes avançados e garantir todos os benefícios que o Método proporciona, porém, na realidade, isso é bem diferente.

É necessário que exista uma progressão lenta, de acordo com os ganhos de cada um, garantindo segurança e uma coluna saudável.

A falta de conhecimento faz com que o praticante crie expectativas erradas e quando elas não são conquistadas do jeito que elas acham, as mesmas acabam desistindo do Método sem nem mesmo conhecer a sua verdadeira essência.

Procure explicar para seu aluno como será o desenvolvimento da aula e do treinamento.

  • Dificuldade para mudar os hábitos

Não é nada fácil mudar os hábitos e manter-se neles, até porque a vida “não saudável” está presente na maioria das pessoas ao redor.

Melhorar de vida e possuir uma rotina mais saudável exige muita disciplina e força de vontade, porém, quando essa mudança se torna rotina na vida do ser humano, ela pode garantir muitos benefícios.

Uma pessoa que quer conquistar seus objetivos no Pilates por exemplo, precisa ter disciplina para frequentar todas as aulas do Método, além disso, é necessário também basear-se em uma boa alimentação e até mesmo outras atividades físicas dependendo do resultado que se espera alcançar.

Desta forma, mudar de hábito ajuda muito no momento de conquistar os resultados do Pilates, sendo assim, é muito importante aplica-lo na rotina.

  • Não realizar os exercícios corretamente

Realizar os exercícios de forma errada é um dos maiores dificultadores no momento em que o Pilateiro tenta alcançar os resultados do Pilates.

Isso ocorre quando uma pessoa não trabalha o corpo como deveria, prejudicando a conquista dos benefícios e até podendo causar alguma lesão por conta disso.

Sendo assim, é muito importante estar atento ao que se pede durante as aulas de Pilates, para que os exercícios sejam realizados de forma correta e assim, o indivíduo consiga conquistar os resultados do Método no prazo correto.

A importância de um bom instrutor de Pilates

resultados-no-Pilates-5

O instrutor de Pilates é o responsável por ajudar no momento de realizar os exercícios, além de ser o responsável também por indicar o melhor movimento para o objetivo do praticante, oferecendo melhor estabilidade corporal.

Sendo assim, um bom instrutor de Pilates irá colaborar diretamente na conquista de bons resultados.

Seu professor precisa saber como criar um programa de treinamento eficiente, ter conhecimento sobre como lidar com lesões e principalmente ser dedicado à uma avaliação física completa.

Procure conhecer seu professor, pergunte sobre sua formação, experiência no método e na profissão.

Por isso é importante que se busque um bom profissional, para que ele possa ajudar em todas as situações do Pilates, ajudando diretamente para se conquistar um bom resultado no prazo certo.

Conclusão

resultados-no-Pilates-6

Os resultados do Pilates não são algo que se conquista da noite para o dia, por isso, é importante que haja muita disciplina e força de vontade por parte do praticante.

Ter bons hábitos alimentares e contar com a ajudar de um bom instrutor de Pilates ajuda (e muito) nessa conquista de bons resultados no prazo certo.

Desta forma, lembre-se de estar sempre atento ao Método e de realizar os exercícios de forma correta para que seus objetivos sejam conquistados da forma que se espera.

Mas lembre-se: nenhuma pessoa é igual à outra, por isso leve em conta apenas os resultados do seu próprio corpo, respeitando o seu próprio limite.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>