musculação-capa1

Pilates na complementação da musculação

O Pilates é um método de condicionamento total do corpo que enfatiza o equilíbrio, concentração, controle, respiração e movimentos fluídos. Porém, o que nem todos sabem, é que ele também atua na complementação de outras atividades físicas como é o caso da musculação.

O método garante mais flexibilidade, força, tônus musculares, consciência corporal, energia e concentração.

Ele também trabalha os músculos mais específicos, que na musculação você não consegue trabalhar, sendo no caso músculos pequenos, na maioria das vezes profundos e altamente resistentes.

A união da musculação com o Método Pilates, traz benefícios consideráveis para quem pratica esse tipo de atividade física e também para competidores de Body fitness que querem uma mudança postural visível nas competições.

Essa complementação também atua na melhora geral do rendimento nos treinos, isso porque, nas academias, muitas vezes podemos observar várias pessoas praticando a musculação com a postura errada e isso atrapalha muito no resultado final.

Sendo assim, se o treino estiver direcionado para uma melhora postural e estética que é a busca da maioria dos praticantes de musculação, o Pilates pode ajudar (e muito).

Por isso, esse trabalho feito em conjunto, sem dúvida é muito mais completo.

 Conquistando resultados na musculação com o auxílio do Pilates

musculação-1

Precisamos ter em mente que todo resultado não vem de uma hora para outra, pois para isso, é necessário ter uma certa dedicação, frequência nas aulas e também muito esforço.

Não há ganho sem nossa própria dedicação e empenho, porém uma boa orientação também é fundamental para que os resultados apareçam durante a musculação, pois não se pode sair fazendo os exercícios de qualquer jeito.

Se não houver uma correção adequada feita por um fisioterapeuta ou educador físico durante os treinos de Pilates, os objetivos que você espera obter não serão alcançados.

Sendo assim, uma boa avaliação antes de começar a treinar, pode facilitar a identificação de desvios posturais consideráveis e um treino adequado pode corrigir esses desvios, melhorando a aparência dos praticantes.

Quem pratica musculação e intercala com treinos de Pilates supervisionados por um fisioterapeuta, pode conseguir em 20 aulas uma mudança radical no corpo e em 30 aulas, uma grande transformação.

Existe um erro muito comum entre os praticantes de musculação, que é o fato de acreditar que seja necessário contar um número exagerado de repetições dos exercícios para se obter resultados.

Algumas pessoas chegam a realizar 3 séries de 10 repetições por exemplo.

Porém no Pilates é levado mais em consideração a qualidade desse movimento (como ele é executado), do que a quantidade de vezes que você o repete e, é necessário sempre buscar se concentrar no que está fazendo naquele momento, no músculo que está sendo trabalhado.

Dessa maneira, se intensifica ainda mais a força e energia que é colocada naquele exercício em particular.

Como já dizia uma frase famosa do próprio Joseph Pilates: “ É estar presente, concentrado e não distraído. É a mente que esculpe o corpo. ”

A importância de um bom Instrutor para complementar o Pilates na musculação

musculação-2

Eu acredito muito no trabalho de forma personalizada, pois é uma forma de motivar cada um individualmente, mas mesmo que a escolha dos praticantes seja realizar as duas atividades em grupo, é necessário que sejam feitas com certa supervisão.

É interessante que a atividade se desenvolva atendendo às necessidades específicas de cada praticante, ou seja, ela deve ser adaptada às condições físicas de cada um.

Isso diminui as contraindicações desses exercícios, por isso é importante uma avaliação, onde leva-se em conta os problemas de coluna, patologias ortopédicas, falta de força, flexibilidade, etc.

Embora existam exercícios que devam ser evitados, sempre há outros que os substituam e se enquadrem nas necessidades físicas de cada um.

Os benefícios de praticar Pilates para complementar a musculação

musculação-3

Ao praticar o Método Pilates para complementar a musculação, você garante muitos benefícios, até porque, o que a musculação deixa de vício postural, o Pilates vem para corrigir, trabalhando com a flexibilidade e também a resistência do ser humano.

O Pilates também é fundamental na prevenção de lesões, o que em atletas é muito comum.

O método Pilates tem se destacado por promover melhorias acentuadas em vários aspectos tais como a harmonia entre as curvaturas da coluna vertebral e, isso reflete no equilíbrio corporal, na postura e no trabalho muscular dinâmico.

Portanto, os benefícios do método vão além do aumento de força e da resistência muscular, pois inclui maior integração do corpo e da mente, melhora a capacidade respiratória, aumenta a flexibilidade, ajuda no fortalecimento, melhora a coordenação motora, previne lesões, aumenta a consciência corporal, aumenta a autoestima e alivia as dores musculares.

Embora o instrutor seja indispensável, todo esse ganho só depende do seu próprio empenho na execução das aulas.

Ou seja, quanto maior a nossa capacidade de executar os movimentos durante as aulas com qualidade (sendo as posturas corrigidas pelo profissional que executa as aulas), mais facilmente poderemos atingir nossos objetivos também estéticos.

Acredito que seria muito benéfico utilizar alguns dos princípios do Pilates nos treinos de musculação pois o famoso “power house” que os instrutores ensinam nas aulas de Pilates protege a coluna de lesões e movimentos compensatórios durante os exercícios, o que também é fundamental nos treinos de musculação.

Além disso, o Pilates mantém uma contração na região abdominal promovendo maior estabilidade nos movimentos.

Joseph Pilates denominou o Centro de Força “Power House” que existe em nosso corpo, o qual, segundo ele, é o local de origem dos nossos movimentos.

Esses músculos devem manter-se em contração isométrica durante os exercícios de Pilates, e quando já estamos treinados,  podemos utilizar desse centro de força e nos beneficiar ainda mais nos treinos de musculação.

Os movimentos corporais resultam no ganho de massa muscular e, para que permaneçam em condição de equilíbrio, a correta execução desses exercícios depende de uma boa postura.

Mais uma vantagem de unir essas duas atividades é poder realizar nos treinos em academia a parte aeróbica que também é essencial para obtermos resultados estéticos, fora os outros benefícios como melhora da circulação, capacidade respiratória e tudo que já citamos anteriormente.

 Conclusão

musculação-4

O Método Pilates surge então como forma de condicionamento físico que promove bem-estar geral ao indivíduo, além disso, o Método é capaz de proporcionar força, flexibilidade e boa postura aos praticantes.

A musculação segue a mesma linha, pois além de proporcionar hipertrofia, fortalecimento de ossos, esta atividade física ainda promove um maior gasto calórico.

A junção dos dois pode trazer inúmeros benefícios para aqueles que contam com o Pilates na hora de complementar a musculação.

A minha dica é intercalar os dois treinos para se obter um resultado completo e atingir resultados satisfatórios dos dois lados.

musculação-dra-Vanessa


CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>