terceira idade

A prática de Pilates para a terceira idade

Com a chegada da terceira idade também apresentamos dores articulares, diminuição da flexibilidade, força e equilíbrio. Sintomas antes não percebidos, mas de um processo natural de envelhecimento do corpo onde ele se modifica para assumir a esperada 3ª idade.

É possível fazer com que todas essas transformações apresentem condições favoráveis para se manter a autonomia e a independência e, nesse processo, a prática de exercícios físicos é fundamental.

Principais inimigos

O sedentarismo é sem dúvida um poderoso inimigo para quem deseja uma vida saudável. O método Pilates é uma ótima indicação, já que pode ser praticado por pessoas de diferentes idades e condicionamentos físicos, inclusive pelos idosos.

Isso é possível porque é uma técnica individualizada que se desenvolve de acordo com as necessidades de cada aluno. O método é capaz de aliviar as dores articulares, fortalecer as musculaturas, proporcionar maior equilíbrio, aumento da flexibilidade, alívio do estresse, além de uma melhor consciência corporal.

O Pilates também favorece a melhora da autoestima e a independência do praticante, uma vez que ele consegue realizar uma série de exercícios físicos que até então não se julgava capaz.

Além de aumentar o equilíbrio muscular, possibilitando realizar com mais conforto as tarefas do dia-a-dia, dá mais energia. Além desses benefícios, o Pilates auxilia em outro aspecto muito comum entre os idosos, a incontinência urinária.

A perda involuntária da urina se deve ao enfraquecimento do músculo do períneo e musculatura do assoalho pélvico. Durante os exercícios, ocorre o enrijecimento do abdome, do glúteo e do períneo, o que com o tempo diminui a incontinência.

Através da respiração exercitamos os músculos abdominais, que juntamente com o assoalho pélvico e a coluna formam o que chamamos de ‘casa de força’. O fortalecimento dessa musculatura pode melhorar o controle sobre o fluxo de urina.

O Pilates é um método utilizado como prevenção e uma boa opção de tratamento. O método também respeita os limites do corpo, evita lesões e desgaste físico; a respiração correta aumenta a capacidade pulmonar e melhora a circulação.

Todos os alunos de Pilates passam por uma avaliação postural e por uma anamnese, onde serão detectados possíveis desvios posturais, desequilíbrios musculares ou dores relatadas pelo próprio aluno, e a partir daí é que será montado um programa de treinamento específico para este aluno com objetivos pré-determinados, otimizando uma qualidade de vida melhor na terceira idade.

Daniele Ressurreição dos Santos
Professora de Educação Física (Cref: 98666/G – SP)
Proprietária da Perfect Fitness Studio de Pilates e Massagem Ceragem

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>