funcional barre

Balé + Pilates + Treinamento funcional: conheça o Funcional barré

Sempre gostamos de trazer novidade relacionadas ao mundo do Pilates e essa é para aqueles que amam unir a prática a outros exercícios. Vamos falar do FUNCIONAL BARRÉ!

A técnica, desenvolvida pela bailarina Viviane Monteiro, integra o Pilates a outras duas modalidades: balé e treinamento funcional. A ideia surgiu após uma viagem que Viviane fez a Nova York para aprimorar algumas técnicas de dança. Foi lá que ela conheceu um treino que unia as três modalidades. Porém, sempre em busca de inovação, a treinadora realizou mais alguns cursos a fim desenvolver uma técnica própria, que aliasse esses métodos, se encaixasse no seu perfil e ainda pudesse ser passada da melhor maneira possível para outras pessoas.

O Funcional Barré, diferente do ballet fitness, leva em consideração os movimentos naturais que o corpo executa no dia-a-dia. Esse trabalho faz com que os músculos trabalhem em grupos, e não de maneira isolada. Nessa atividade, o aluno utiliza o peso do próprio corpo, podendo realizar variações com acessórios e materiais leves.

Os benefícios da junção dessas três modalidades (Pilates, funcional e balé), traz inúmeros benefícios aos praticantes, entre os quais podemos citar: perda de peso, definição muscular, alongamento, melhora da postura, flexibilidade e equilíbrio.

 

E aí, o que acharam de mais essa novidade no mundo do Pilates? Deixe o seu comentário contando pra gente!

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

One thought on “Balé + Pilates + Treinamento funcional: conheça o Funcional barré”

  1. Olá.
    Boa tarde
    Gostaria de mais informações sobre essa aula. Sou profissional formada em Ed.Fisica, e já dou aula de Pilates a 8 anos!
    Existe um curso pra se aperfeiçoar nessa aula?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>