estudio de pilates

Como escolher um estúdio de Pilates?

Desde os anos 2000, o Pilates vem se tornando uma atividade bastante popular no Brasil. Ficou conhecido inicialmente pelas companhias de dança e em seguida por artistas de TV.

Através da internet, é muito fácil encontrar informações sobre o que é Pilates, quais as diferenças entre o Pilates de solo e equipamentos, repertório de exercícios etc. E muito provavelmente antes do seu primeiro contato com um estúdio, você já deve ter lido algo a respeito do método Pilates.

Mas o que de mais relevante e importante é preciso saber na hora de escolher onde treinar o Pilates?

A matéria de hoje é para ajudar você, que quer começar as aulas, a encontrar um Pilates de qualidade! Confira as dicas:

PERGUNTE SOBRE A GRADUAÇÃO DO INSTRUTOR QUE IRÁ ATENDER VOCÊ

Nas leis brasileiras, o instrutor de Pilates deve ser graduado em uma universidade na área da saúde (educação física, fisioterapia, terapia ocupacional, entre outras) para poder atuar. Isso porque os cursos de Pilates ministrados no Brasil não se aprofundam em anatomia, fisiologia, biomecânica e etc. Dessa forma, a graduação é importante, pois dará toda a base de conhecimento para a aplicação do método. Porém, só a graduação não é o suficiente…

PERGUNTE SOBRE A FORMAÇÃO EM PILATES DESSE PROFISSIONAL

Mesmo sendo um profissional graduado, isso não garante que o instrutor esteja preparado para conduzir uma aula de Pilates. Hoje em dia, existem no mercado cursos de formação de instrutores de Pilates de dois finais de semana e cursos com duração de mais de seis meses.  A Pilates Method Alliance, uma aliança americana que contribui com diretrizes para um Pilates de qualidade no mundo, afirma que um curso de formação deve ter, no mínimo, 450 horas de duração. O Pilates é um método cheio de detalhes e complexidades, que só podem ser ensinadas uma vez que compreendidas de forma profunda na mente e no corpo do instrutor. E pasme: há instrutores que se quer foram alunos de Pilates alguma vez na vida! Independente da profissão de formação, um instrutor com um curso compreensivo em Pilates será capaz de cuidar do seu desenvolvimento dentro do método de forma segura e benéfica para sua saúde.

SE O SEU OBJETIVO É …

Melhora da saúde global, postura, ou até mesmo melhorar o desempenho em outras atividades através do Pilates, você poderá inscrever-se em aulas em grupo.  O ideal é que você seja avaliado e após esse momento com o instrutor, você será encaminhado para um grupo que tenha um perfil e objetivos similares aos seus.

MAS SE VOCÊ PRETENDE RECUPERAR-SE DE UMA LESÃO…

Dê preferência para sessões individuais com um fisioterapeuta. Eles estarão preparados para reabilitar o seu corpo através do Pilates. Porém, se você já se sente melhor e está liberado da reabilitação, poderá frequentar aulas em grupo com um educador físico para condicionar o seu corpo e evitar as recidivas do mecanismo de lesão.

E QUANTOS ALUNOS POR TURMA É O IDEAL?

A quantidade de alunos em sala pode até significar ter mais atenção do instrutor, mas não é uma regra! Tudo vai depender da metodologia que o estúdio utiliza e da experiência do instrutor. Grupos de pessoas nivelados por perfil e objetivo, trabalhando de forma sincronizada podem ser mais eficientes e seguros do que dois alunos em sala desconcentrados, conversando e perdendo o foco!  Dessa forma, aconselho que seja feita uma aula experimental, em grupo. Mesmo que o estúdio não ofereça essa aula gratuitamente, é um investimento importante para conhecer o trabalho antes de fechar um plano.

CAUTELA NA PRIMEIRA AULA!

Um instrutor cauteloso nesse primeiro contato, mostra prudência e planejamento. Não será em uma aula experimental que você atingirá todos os objetivos que deseja.  Um bom instrutor te apresentará os princípios do método de forma tranquila e vivencial para que você possa se conectar com o próprio corpo e sentir a aplicação dos princípios. Você se sentirá desafiado nos movimentos que julgar mais simples! Construindo uma base sólida de princípios, você estará pronto para evoluir e alcançar a fluidez dos movimentos.

O AMBIENTE DO ESTÚDIO

Deve estar limpo e organizado de forma segura, permitindo a movimentação das pessoas.  O ambiente pode ser pequeno e simples, mas deve estar devidamente preparado para receber os clientes, cuidando inclusive, de questões de segurança, como por exemplo, não deixar objetos no meio da sala. Isso refletirá o cuidado que ele terá por você ao longo do tempo. A manutenção dos equipamentos deve ser feita de 6 em 6 meses, evitando o risco de molas estourarem ou barras de soltarem.

OBSERVE O QUANTO O INSTRUTOR SE INTERESSA POR VOCÊ

Seus objetivos, sua história, sua rotina são informações valiosas para um instrutor de Pilates. Através desses dados, serão definidas suas metas na aula.

É o importante observar também se há algum tipo de controle de clientes, onde suas informações de saúde estejam disponíveis para todos os instrutores do estúdio. Quando houver a necessidade de repor aula em outro horário ou de trocar de professor, o trabalho continuará sendo desenvolvido.

É SÓ PILATES?

Alguns estúdios agregam ao trabalho de Pilates algumas modalidades diferentes. É importante saber do que se trata o serviço oferecido: se são apenas aulas de Pilates ou se também são utilizadas técnicas de treinamento corporal. Obviamente que, quando temos um bom preparador físico, ele saberá como e porque introduzir cada técnica. Porém, é justo saber exatamente o que você está adquirindo no seu plano. Ler e estudar sobre o método te ajudará a reconhecer a prática do Pilates. O método é rico em estímulos e cuidados com a saúde e não será necessário misturar técnicas com a finalidade de torná-lo mais intenso. A intensidade está na concentração de quem pratica e quem ensina.

REFERÊNCIAS

Na maioria dos estúdios, a indicação é o ponto chave para trazer novos alunos. Quando somos bem cuidados e recebemos um serviço de qualidade, queremos que os nossos amigos saibam disso. Por isso, procure por referências daquelas que são ou já foram clientes. Isso te ajudará a tomar uma decisão!

Espero ter ajudado com essas pequenas dicas. Depois de escolher o estúdio de Pilates, é só aproveitar todos os benefícios dessa prática prazerosa e benéfica para a saúde!

 

Viviane Vales
Educadora Física – Especialista em Atividade Física Adaptada e Saúde
Pilates Master Trainer Second Generation – Por Lolita San Miguel
www.tcpilates.com.br

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>