novidades para aulas de pilates

Inove as aulas de Pilates

Você com certeza já pensou: Nossa, minhas aulas de Pilates estão muito repetitivas, não consigo inovar… Preciso fazer mais workshops e aprender novos exercícios!

Será mesmo que você precisa aprender outros exercícios para atualizar as aulas? A resposta é: não!

Muitas vezes queremos tanto mudar a aula trazendo exercícios mirabolantes ou acessórios novos que esquecemos do essencial! Dentro do repertório original do Pilates podemos criar inúmeras possibilidades, separando os exercícios para criar sequências pedagógicas e alcançar o exercício final!

Uma sugestão para organizar melhor a distribuição do repertório ao longo das semanas, é criar temas e/ou focos para as aulas.

Sabemos que o Pilates desafia inúmeras habilidades como coordenação motora, equilíbrio, resistência, flexibilidade… Podemos então transformar isso em objetivos para a semana.

Apesar dos exercícios serem globais, cada um possui um objetivo. O hundred, por exemplo, trabalha a coordenação motora para manter a estabilidade do tronco na flexão e as pernas estendidas, enquanto você pulsa os braços e respira por cem contagens, mas desafia principalmente a resistência abdominal para manter tudo isso! Agora, se você coloca o flex band nos pés e segura suas pontas com as mãos e, além dos pulsos com os braços, adiciona o movimento das pernas, dobrando na inspiração e esticando na expiração, dará mais assistência aos abdominais por ter um suporte para as pernas e desafiará a coordenação motora, afinal, tem várias coisas acontecendo ao mesmo tempo!

Mas como levar novidades para as aulas de Pilates?

Pensando nisso, você pode planejar os objetivos do mês inteiro dividindo por focos da semana e ainda pensar nos acessórios que serão utilizados. Caso trabalhe em um local com mais professores ou coordene uma equipe, você pode criar blocos de exercícios dentro daquele tema que todos deverão utilizar com seus alunos. Isso demonstra uma equipe alinhada e cria um padrão de aula, onde o aluno que tem mais de um professor na semana, sinta que existe uma unidade dentro das aulas e não haverá uma diferença enorme entre elas.

Claro que isso é apenas uma sugestão de programação e existem várias considerações como restrições do aluno, patologias e fatores emocionais, que irão alterar esse planejamento para atender a necessidade específica de cada um. Mas sempre dá para modificar em cima das propostas feitas!

No meu estúdio os alunos adoram essa programação, pois gera expectativa com o que será feito na semana! Todo domingo a noite posto na página do Facebook do estúdio qual é o Foco da Semana. Isso é um diferencial na hora de vender os planos, pois muitos alunos que já fizeram Pilates em outros estúdios reclamam da mesma coisa, que enjoaram das aulas pois era tudo sempre igual! Muitas vezes eles precisam praticar Pilates por recomendações médicas, mas param por falta de motivação ou por já terem melhorado aquela condição que os levou até o estúdio.

Essa estratégia ajuda a manter os alunos por muitos anos, pois ele percebe a melhora da situação que o levou ao Pilates – dores, má postura e sedentarismo, por exemplo -, mas continuará praticando por mais tempo, sem cair na rotina e evoluindo cada vez mais dentro dessa metodologia que para mim mais que um repertório, é uma filosofia de vida!

Cabe a nós professores motivarmos nossos alunos a quererem sempre mais e não saírem dos nossos estúdios para procurar outro ou mudar de modalidade!

Já usa alguma técnica para estimular os alunos e trazer novidades para as aulas de Pilates? Conta pra gente!

Fernanda Avancini
Educadora Física (O97351-G/SP), instrutora de Pilates, ZEN.GA e TOTAL BARRE (certificação internacional STOTT PILATES)

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

2 thoughts on “Inove as aulas de Pilates”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>