s9b

Diferentes formas de atuação de um instrutor de Pilates

O instrutor de Pilates recém formado às vezes tem dúvidas de como e onde pode atuar, atendendo clientes e aplicando o método. Por esse motivo, hoje reunimos diversas dicas para inspirar esse profissional a encontrar o seu lugar ao sol.

A sorte é que existe, atualmente, diversas possibilidades de atuação e você pode escolher a forma que mais gosta de trabalhar e o público com o qual mais se identifica. Além disso, é importante planejar os modelos de aulas que serão oferecidos, pois alguns deles dependem de espaço e quantidade de equipamentos, além de uma especialização na área.

Vejamos alguns existentes:

Aula de grupo com equipamentos

- Observe se há espaço suficiente para que todos transitem no ambiente confortavelmente;

- Ao mesmo tempo, observe se todos podem ser atendidos com atenção;

- O número máximo de alunos por professor recomendado é de 4 pessoas, se o espaço permitir.

Aulas individuais com personal trainer

- Você pode combinar exercícios nos aparelhos e no solo;

- O foco fica em somente um aluno.

Aulas de grupo?(somente solo)

- Diversifique as?aulas com acessórios;

- Cuidado com o espaço para que seja confortável para todos;

- Na aula de solo (Mat), o número máximo de alunos pode ser um pouco maior do que no grupo de equipamentos, desde que cada aluno possa receber atenção constante.

Aula de grupo de Reformer ou Chair

- Em ambos os casos, a preocupação é com o espaço físico e monitoramento do aluno;

- Até 4 alunos é o ideal, mais que isso, é necessário um professor assistente na sala de aula.

Dependendo de onde está localizado, o estúdio vai ter uma ou outra característica que o diferenciará dos demais. Para exemplificar, definimos quatro tipos de estúdios. Confira:

Estúdio em clínica

- O ambiente deve estar separado;

- A entrada deve ser independente;

- Utilize cores alegres;

- Procure distanciar a ideia de tratamento de doenças de seu estúdio.

Estúdio em academia

- O barulho das aulas de ginástica e a música sempre agitada da sala de musculação não devem interferir na aula de Pilates;

- Faça planos trimestrais e semestrais para amenizar a oscilação da taxa de retenção.

Estúdio de rua

- Vai ser responsabilidade do proprietário a luz, água, aluguel, estacionamento, recepcionista e demais gastos;

- Seu capital de giro deve ser bem programado;

- Você deve planejar e calcular?todas as despesas iniciais e fixas: o valor cobrado pelas aulas vai depender disso.

Estúdio em hotel

- Conhecimento?antecipado?do fluxo de hóspedes;

- Tempo médio de estadia de cada um;

- Planejar um ?programa de Pilates que qualquer um possa frequentar, independente do período.

Estúdio em condomínio

- A pesquisa deve ser feita entre os moradores;
- Veja qual o número dos interessados nas aulas;
- Veja que horários seriam mais procurados;
- Elabore um quadro de atendimento visando a formação de turmas fixas.

Confira 5 vantagens de ter um estúdio de Pilates em um condomínio.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>