2015_05_0063-META-IMAGENS-MATERIAS-RP-MORMAII

Pilates e treinamento funcional

Você já experimentou diversificar os treinos dos seus alunos, aliando outras técnicas ao Pilates? A ideia tem tomado conta dos estúdios do Brasil e virado tendência no mercado. O mais comum é encontrar a combinação do Pilates com o treinamento funcional. Isso porque esse ‘casamento’ produz efeitos bem interessantes.

Enquanto o método criado pelo o nosso amado Joseph traz os inúmeros benefícios que já conhecemos, como consciência corporal, alinhamento postural, tonifi­cação dos músculos, melhora da respiração, da coordenação motora e aumento da flexibilidade, o treinamento funcional auxilia na perda de peso, aumenta a força, o volume dos músculos e a resistência, já que desenvolve um excelente trabalho cardiorrespiratório. A vantagem? Atender aos objetivos dos mais diversos tipos de clientes.

Várias escolas renomadas já lançaram cursos específicos integrando as duas modalidades. Além disso, alguns métodos tem surgido no mercado. Um deles é o Método Integrado Mormaii, que utiliza o Pilates, o treinamento funcional e ainda o five®, um sistema de finalização de exercícios voltado à prevenção e tratamento de dores.

Alessandra Gailey, uma das idealizadoras do método, explica que muitos estúdios de Pilates já utilizam o funcional dentro de suas aulas, porém sem uma organização que potencialize os benefícios. “O Método Integrado Mormaii se destaca por empregar de forma efetiva essa união, aumentando os resultados dos treinos e trazendo um diferencial para os estúdios com o five®, que é único no mundo”, conta.

Alessandra ainda explica que no contexto do treinamento Mormaii, o Pilates tem como objetivo desenvolver o controle do corpo, preparar os movimentos e as articulações, aumentar a consciência corporal e mostrar os limites com segurança e eficiência. A movimentação correta que o Pilates proporciona, evita possíveis lesões durante o treino funcional, que, segundo a treinadora, desafia o corpo a realizar movimentos tridimensionais e a desenvolver as capacidades físicas o tempo todo. Como o método utiliza equipamentos exclusivos e diferenciados, como o Spin e o Core Stix, o treino fica leve e divertido, além de super diversificado.

Nós aqui da Revista achamos uma boa pedida, já que a combinação do treinamento funcional e do Pilates pode ser excelente, tanto para o dono do estúdio ou da academia, quanto para os clientes. Afinal, quem não quer ficar em forma, tonificar os músculos, melhorar a postura e ter mais flexibilidade?

E você, o que acha dessa junção? Conte pra gente.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

2 thoughts on “Pilates e treinamento funcional”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>