2015_03_0034-META-IMAGENS-MATERIAS-RP-ARTE-DE-PILATEAR-04-03-Site

A arte de pilatear – Leg Pull

O Leg Pull é um exercício avançado da série clássica de Mat Pilates. Trabalha o fortalecimento de toda a cadeia posterior, como extensores de quadril e coluna, ombros e cotovelos.

Foto 1

Quando o praticante está chegando ao nível do Leg Pull ensinamos primeiro o suporte.

O aluno senta com as pernas esticadas para frente. Faz o crescimento axial da coluna pensando em, além de ir para a postura ideal, achar espaços entre vértebras.

As mãos se posicionam ao lado da bacia com os dedos virados para frente e as pontas dos pés devem ir em direção ao chão.

Fazendo uma pressão das mãos contra o chão (que deve ser mantida durante todo o tempo), o aluno deve primeiro estabilizar suas escápulas pensando em girar os ombros para trás e para baixo. Após, aciona o centro de força, inclina o corpo levemente para trás e levanta a bacia sem abalar a coluna. As mãos devem se manter na linha dos ombros.

É comum que haja extensão da lombar, então peça para o praticante pensar em levar o cóccix para os calcanhares evitando essa compensação. Deve se formar uma longa linha que vai dos calcanhares às orelhas, o que significa que a cabeça não será jogada para trás. O ideal é que o aluno olhe levemente para frente sem perder o alinhamento do pescoço.

Peça para seu cliente sustentar a posição por alguns segundos melhorando cada vez mais a sua postura, aproveitando a abertura do peito e do coxo femoral. Na volta, a descida ocorre apenas pela flexão da articulação do quadril.

Foto 2

Assim que este movimento estiver bem treinado passamos para o Leg Pull.

Na expiração, peça para que o aluno acione ainda mais o Power House e pense em crescer uma das pernas levando-a para longe e para cima. É importante que ele mantenha o alinhamento da pelve e da coluna, para isso, oriente-o a apenas levantar o que for possível sem abalar o resto do corpo. Na volta, o controle deve ser mantido e a perna não deve cair. Então a troca é feita, mas se o praticante precisar ele pode descer a bacia antes de repetir o movimento com o outro membro.

Foto 3 Foto 4

Os pilateiros que quiserem inventar moda podem ainda incrementar o treinamento usando os acessórios.

Se você anda com dificuldade em executar um lindo Leg Pull, não se sinta decepcionado porque este é um exercício bem difícil, não é à toa que está entre os últimos a serem passados na série Original. No entanto, não desista e dê um passo para trás para poder, em seguida, dar vários passos para frente.

Ainda podemos praticar outros exercícios preparatórios como a ponte com apoio unipodal que além de fortalecer a cadeia posterior ajuda a treinar o alinhamento da bacia e a Tree que tem em seus objetivos alongar os ísquios tibiais (que podem limitar a amplitude de movimento do Leg Pull), trabalhar o fortalecimento do quadríceps para manter os joelhos em extensão e a perna levantada e também estabilizar a bacia.

Lembre-se: Pilates é sinônimo de perfeição. Mais vale um movimento simples e bem feito do que um malabarismo mal feito.

www.espacofluir.com

Monique Ayala
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 69066-F

Hellen Morita
Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates.
Crefito-2 76136-F

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

4 thoughts on “A arte de pilatear – Leg Pull”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>