2014_08_0500-META-IMAGENS-MATERIAS-RP-dor-cronica2-Site

Pilates e dor Crônica II

Uma em cada cinco pessoas sofre de dor crônica segundo a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP).

O instrutor de Pilates enfrenta diariamente alunos com dor e necessita avaliar com bom senso e conhecimento, o que de fato representa a dor a que seu aluno se refere.

Pilates não funciona como pronto socorro para o tratamento de dor aguda… Assim, casos agudos, devem ser encaminhados para o diagnóstico preciso e tratamento médico adequado.

Já alunos com dor crônica podem se beneficiar de um seleção adequada de exercícios de Pilates. Mas qual a definição de dor crônica?

- A Dor crônica é episódica ou persistente com duração e intensidade capaz de afetar adversamente a função ou o bem estar;

- A Dor crônica é um fenômeno com múltiplos componentes capaz de provocar um impacto em determinada pessoa do ponto de vista físico, funcional e psicológico;

- A dor crônica provoca interferência nas atividades da vida diária, levando a pessoa a ter comportamento mais irritável e diminuição do limiar de tolerância emocional.

O sistema nervoso desenvolve uma realimentação e a dor crônica se torna uma doença em si mesmo. Isto acontece em cerca de 10% das condições tumorais, inflamatórias, infecciosas e pós-operatórias onde a dor persiste por meses ou anos.

Fique atento ao diagnóstico médico de seu aluno e sempre associe a seleção e execução do próximo exercício a uma avaliação funcional criteriosa nos casos com dor crônica e recorrente!

Dr. Joel Steinman
Diretor Tao Pilates Instituto de Medicina do Exercício e do Esporte
www.taopilates.com.br

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

3 thoughts on “Pilates e dor Crônica II”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>