Da-anorexia-ao-Pilates.png

De jovem anoréxica a instrutora de Pilates

Desde os 15 anos, a jovem inglesa Emily Sullivan, de 22 anos, enfrentou distúrbios alimentares. Aos 20 chegou a pesar 38 kgs e teve três ataques cardíacos em um único dia.

Após a morte da avó e devido ao bullying que sofria na escola, começaram os sintomas de anorexia e bulimia. Emily pulava as refeições e com o tempo passou a comer e a forçar o vômito. Porém, a situação se prolongou até os 20 anos, sem nenhum tratamento médico: “Achava que não estava magra o suficiente e meu corpo não conseguia lidar com a comida, por mais que eu tentasse, vomitava a cada cinco minutos”, lembrou ela.

Então a jovem decidiu ir à procura de ajuda. Por causa do peso e das complicações no coração, os médicos lhe deram apenas alguns meses de vida, caso não mudasse os hábitos alimentares. “Quando a bulimia começou a me dizer que eu era gorda e feia, eu acreditei. Destruí minha autoconfiança, me tornei muito negativa comigo mesma e comecei a cortar calorias, mas fugiu do controle. Durante o tratamento eu não podia me exercitar porque muitos pacientes usavam isso para mascarar a contínua perda de peso”, disse ao site Daily Mail.

Assim que melhorou um pouco, Emily foi à procura do Pilates e, algum tempo depois, alcançou quase 50 quilos na balança.

A jovem ficou tão apaixonada pela prática do Pilates que começou a estudar para ser instrutora: “Aprender Pilates me fez focar em algo na vida. Além de ser instrutora, quero dar palestras sobre imagem corporal saudável. Nunca me vejo como recuperada. Você nunca se recupera totalmente de algo assim, é um processo contínuo. A recuperação não é um caminho fácil, ela é cheia de altos e baixos. Mas agora tenho as armas para lidar com isso e a oportunidade de ser o mais feliz possível, aproveitar ao máximo a vida e aprender a amar o corpo que habito”, afirmou.

A prática de exercícios físicos é fundamental no tratamento contra distúrbios alimentares, entre outros males do corpo e da alma. E se você ainda duvidava dos benefícios do Pilates, acabou de ver, por meio desta história real, que ele não faz bem só fisicamente, mas espiritualmente também. Vem pro Pilates!

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

One thought on “De jovem anoréxica a instrutora de Pilates”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>