Revista Pilates_Páscoa com chocolate.png

Páscoa saudável – com chocolate!

A Páscoa pode, sim, ser saudável! A nutricionista Taynara Laurentino, especialista em nutrição clínica, preparou dicas super legais para você saber qual o melhor tipo de chocolate. Assim, você pode comer , sem comprometer a saúde. Quer ver? Vem com a gente.

Como escolher a melhor opção diante de um universo de opções de chocolates e ovos de páscoa?

O que determina o valor nutricional do chocolate é o teor de cacau. 2O cacau tem nutrientes e compostos bioativos que ajudam na produção de serotonina e endorfina, substâncias que melhoram o humor.

Não é por acaso que algumas mulheres em período pré menstrual e na menopausa sentem necessidade fisiológica de chocolate. Nesse período, há uma redução da produção de serotonina.

O cacau também é rico em flavonoides (substância de exerce efeito antioxidante). Desta forma, atua na prevenção de doenças, como hipertensão, dislipidemia e diabetes.

Conheça os tipos de chocolate:

Chocolate branco: Rico em sólidos de leite, manteiga de cacau e açúcar. Este chocolate não tem cacau em sua composição, somente manteiga de cacau, portanto não tem função antioxidante.

Chocolate ao leite: Este chocolate tem uma quantidade elevada de gordura, açúcar e, consequentemente, de calorias. Seu teor de cacau é bem reduzido.

Chocolate diet: Esses chocolates são feitos para diabéticos e possuem zero açúcar, porém, para não alterar o sabor, é acrescido de muita gordura, aumentando o valor calórico.

Chocolate amargo: Tem menor concentração de açúcar, leite e gordura. Possui efeito antioxidante e sacietógeno, o que irá reduzir compulsão alimentar e prevenir doenças. Chocolate amargo, além de aprovado, é recomendado.

Pesquisas observaram que um consumo diário de 30 a 40g de chocolate 70% cacau exerce alivio em sintomas de estresse.
O chocolate amargo pode ter capacidade antioxidante maior que alimentos conhecidos, como chá verde e vinho tinto.

Chocolate com castanhas: As castanhas são fontes de zinco e selênio, que possuem ação antioxidante. Outro benefício é a arginina, um aminoácido presente nessas oleaginosas que ajuda no controle da pressão arterial. Desta forma, chocolate amargo com castanhas está aprovadíssimo.

Chocolate com menta: A menta possui ação anti-inflamatória e digestiva. Portanto, chocolate amargo com menta também está aprovado.

Chocolate com pimenta: A pimenta tem ação anticarcinogênica, ou seja, ajuda na prevenção do câncer. Ela também atua na prevenção do colesterol ruim (LDL) e tem um efeito termogênico, auxiliando a perda de peso. Chocolate com pimenta – aprovado com certeza.

E qual o melhor horário para degustar essa maravilha?
Uma porção de 30 a 40g de chocolate amargo no lanchinho na manhã irá ajudar na produção de serotonina ao longo do dia e reduzir possível compulsão alimentar noturna.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>