Pilates também trabalha a memória

pilates-memoria-revista-pilates

 

Nossa atividade cerebral tem tudo a ver com as atividades físicas, sabia? Os exercícios aumentam a atividade corporal e o fluxo sanguíneo do cérebro, nutrindo nossos neurônios e atenuando o processo natural do envelhecimento.

De acordo com a fisioterapeuta Nina Morena De Lucca, as atividades físicas provocam mudanças na plasticidade sináptica do cérebro, ou seja, aumentam a capacidade de resposta e adaptação dos neurônios ao meio ambiente. “Além disso, os exercícios proporcionam um desafio intelectual constante. O Pilates é um exemplo disto, pois exige do aluno a realização de diversas tarefas ao mesmo tempo”, explica a especialista.

A atividade age em uma área do cérebro vital para o aprendizado e a memória, o hipocampo. Através do trabalho de respiração, manutenção da postura, equilíbrio e contração de vários grupos musculares ao mesmo tempo, o Pilates exige o treino da memória o tempo todo.

Segundo a instrutora, estudos comprovam que os exercícios resistidos melhoram o desempenho da memória nos idosos, além de promover o aumento da força muscular. Fazendo atividades físicas regularmente durante a vida, você está criando uma espécie de “reserva cognitiva”, que vai retardar o envelhecimento e prevenir diversas doenças, inclusive o Alzheimer.

“Os exercícios também são fundamentais na recuperação de pessoas com doenças neurológicas, por exemplo. Eles melhoram não só os aspectos físicos como força, flexibilidade e capacidades respiratórias, mas também as funções cognitivas, através da reorganização cerebral”, afirma Nina.

Outras atividades, como as caminhadas e exercícios aeróbicos, também ajudam na reorganização do cérebro e no nosso desempenho funcional. A fisioterapeuta ensinou alguns exercícios de Pilates que trabalham a coordenação motora, o equilíbrio e a memória. Olha só:


PERDIGUEIRO

Na posição de quatro apoios, eleve ao mesmo tempo a perna direita, com o joelho estendido, e o braço esquerdo, de forma que fiquem paralelos ao chão. Realize a respiração correta e observe o alinhamento da coluna. Em seguida, repita com a perna esquerda e o braço direito.

PONTE COM VARIAÇÃO
Deitado de barriga para cima, com os joelhos dobrados e pés apoiados no chão, eleve a pelve, estenda a perna direita e o braço esquerdo ao mesmo tempo. Realize a respiração correta e observe o alinhamento da coluna. Em seguida, repita o exercício elevando a pelve, estendendo a perna esquerda e o braço direito.

PRANCHA LATERAL
Deitado de lado, com o antebraço apoiado no chão, eleve o corpo, mantendo os pés no chão e o cotovelo em flexão. Mantenha o alinhamento da coluna, conte até 10 e repita do outro lado.

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

4 thoughts on “Pilates também trabalha a memória”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>