Pilates: força e flexibilidade na hora H

pilates-desempenho-sexual-revista-pilates

 

Inspira, expira, contrai. Os exercícios simples de Pilates nos ajudam muito a melhorar a força, a resistência e a flexibilidade do corpo, não é verdade? Disso você já sabe. Mas outra boa notícia é que o Pilates também é um aliado quando o assunto é sexo.

Os movimentos de contração dos músculos abdominais e pélvicos fortalecem a região e ajudam na disposição e na sustentação do ato sexual. Para as mulheres, isso é ainda mais benéfico, pois pode facilitar e prolongar o orgasmo. O Pilates fortalece a parte interna e externa da coxa, os glúteos e a panturrilha, muito trabalhados durante o sexo.

De acordo com a fisioterapeuta Edilaine Souza, do Zahra Spa & Estética, para a revista Corpo a Corpo, os praticantes do método também conseguem se movimentar melhor durante a relação, com menos limitações e sem sentir incômodos, como dores lombares, por exemplo. Para os homens, os exercícios fortalecem os braços, e o abdome, além de dar flexibilidade para as costas e facilitar a circulação sanguínea. Isso ajuda na hora da ereção. Além disso, o trabalho de respiração aumenta a resistência dos dois lados, melhorando ainda mais o desempenho na cama.

Mas os benefícios do Pilates não são só físicos. A atividade proporciona uma boa capacidade de concentração, o que facilita o relaxamento na hora H. Os exercícios de alongamento também ajudam a diminuir o estresse, um dos maiores inimigos das mulheres durante o sexo.

Veja alguns exercícios que você pode fazer em casa, para melhorar a sua flexibilidade e o seu desempenho sexual, retirados da revista Corpo a Corpo:

1. Deitado com a barriga para cima, braços ao lado do quadril e mãos apoiadas no chão, flexione um pouco e afaste os joelhos. Levante o quadril e mantenha-se nessa posição por três segundos. Volte para a posição inicial. 10 repetições

2. Deitado, com os pés apoiados no chão e uma bola (ou travesseiro) entre os joelhos, encolha a barriga e inspire. Quando soltar o ar, pressione a bola fazendo força como se estivesse “segurando o xixi”. 10 vezes.

3. Deitado com a barriga para cima, joelhos flexionados e pés um pouco afastados. Contraia o abdômen sem movimentar o tronco, e encolha a barriga. Segure a contração por cinco segundos. Solte e repita 10 vezes.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

12 thoughts on “Pilates: força e flexibilidade na hora H”

  1. É verdade…. comecei a fazer pilates a dois meses apenas e realmente já pude sentir várias diferenças,inclusive na hora H…estou me sentindo outra mulher!!

  2. To sem praticar 4 meses, minha mãe está hospitalizada aguardando uma cirurgia que ainda não aconteceu por falta de vontade. Fiquei 40 dias direto com ela. Hoje só faço visitas. Comprei a bola, tenho os pesos, tenho a faixa laranja, peso para os pes, mas tô completamente desanimada. Mas quando eu praticava me sentia mto bem sofro de osteoartroses nos ombros, hernia lombar e cervical. quando inicei eu mau andava. depois já fazia até 5 molas com os braços. ganhei resistencia agora nem pareço a mesma fátima além de ter engordado 2 kg. aqui onde moro não tem pilates e onde minha mãe esta hospitalizada perto do hospital tem mas não tem vaga. Infelizmente ainda não é tão fácil encontrar um bom lugar onde são profissionais fisioterapeutas ou capacitados para tal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>