Prancha + água = Pilates

Você já deve ter visto como os pilateiros estão curtindo fazer Pilates na prancha de Stand Up! O Stand Up Paddle é um esporte super abrangente, a criançada a partir dos quatro anos se diverte na prancha, aproveitando o contato com a natureza. Além de queimar muitas calorias e trazer benefícios cardiovasculares. O próprio trabalho de remar e ficar em pé já é um desafio de equilíbrio.

 

supilates-jaqueline-rangel-revista-pilates

 

Imagina tudo isso potencializado pelo trabalho de respiração e força do Pilates? Esse é o SUPilates! Os princípios do Pilates alinham o corpo e trabalham a respiração, a força e a resistência, com movimentos bem conscientes. “O desafio de praticar sobre a instabilidade da prancha gera uma resposta do corpo diferente. Envolve muito trabalho proprioceptivo, ou seja, a percepção dos movimentos do próprio corpo e dos membros como orientação, localização espacial, velocidade e ativação muscular”, explica a treinadora internacional da STOTT PILATESTM, Jaqueline Rangel.

O Pilates exige muito controle e recrutamento dos músculos profundos do “core”, o centro do corpo. No Stand Up esse recrutamento é ainda maior. No exercício Hundred, por exemplo, Jaqueline explica que é preciso estabilizar bem as escápulas e contrair bem o abdome, para sustentar o tronco para cima. Na prancha, além desse desafio, é preciso dominar o equilíbrio e as rotações do corpo, exigindo muito mais controle.

A instrutora experimentou o SUPilates na Barra da Tijuca, com um cenário de muita harmonia e águas tranquilas. “O SUPilates é um ótima pedida para os pilateiros que buscam o contato com a natureza e excelente para os surfistas que precisam de um bom condicionamento físico. Ele melhora a performance e também ajuda a evitar as lesões”, recomenda.

E aí, vai tentar?

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>