Cuidado com a dieta dos shakes

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Os shakes de emagrecimento ainda estão entre as alternativas mais adotadas por quem quer perder peso e manter a dieta. Eles são alimentos funcionais com poucas calorias, e parecem a maneira mais fácil de perder peso. Mas aqui vai um alerta: os shakes industrializados não têm todos os nutrientes de que você precisa para se manter saudável.

Especialistas e pesquisadores afirmam que os shakes não podem substituir uma refeição completa, como o almoço ou o jantar. De acordo com a nutricionista Eliana Almeida, para o portal Minha vida, trocar uma refeição pela bebida pode diminuir a imunidade e causar doenças como anemia e problemas renais graves, por não apresentar todas as vitaminas e minerais essenciais ao organismo. Portanto, o consumo deve ser apenas um complemento para uma dieta balanceada.

No início do ano, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor atestou que esses produtos têm altos índices de carboidratos e proteínas, comprometendo funções importantes do metabolismo como a oxigenação do sangue e a eliminação de toxinas. Além disso, os shakes têm fibras e calorias insuficientes para repor uma refeição. A deficiência de calorias acaba com a sua disposição e você não vai ter energia para gastar!

E tem mais: ao invés de eliminar gordura corporal, a bebida industrializada pode fazer você perder músculos e água em função do baixo teor de gorduras, que nos fornecem energia. Assim, todo o peso perdido pode voltar bem rápido. Segundo a nutricionista, o perigo é ainda maior para quem faz atividade física. Se substituir as refeições pelo shake, você vai gastar mais energia do que consome, ficando sem combustível.

A recomendação é combinar os shakes com refeições balanceadas, aí sim eles vão conseguir complementar suas necessidades diárias de nutrientes. É importante estar aberto para uma reeducação alimentar, evitando que você volte a ganhar peso. Eliminar alimentos com muita gordura ruim, como doces, refrigerantes, frituras e produtos industrializados já ajuda muito.

Você também pode optar pelos shakes caseiros, com a orientação de um nutricionista. Fique atento!

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

2 thoughts on “Cuidado com a dieta dos shakes”

  1. Existem shakes que possuem mais nutrientes do que um prato balanceado e bem colorido. Nutricionistas que avaliam o rótulo deste shake já foram desafiados a montar um prato colorido com as mesmos nutrientes nas quantidades informadas e se renderam ao produto já que não conseguiram colocar as quantidades em uma refeição razoável.

    Assim vale muito a pena avaliar qual shake está escolhendo e realmente fazer uma reeducação alimentar substituindo no máximo 2 refeições por um shake de boa qualidade (para redução de peso) e manter o consumo de óleos, como azeite, na refeição que não irá substituir e sempre fazer refeições a cada 3 horas para que seu metabolismo fique mais acelerado. Para manter o peso você deve avaliar como seu metabolismo funciona e sempre fazer refeições saudáveis.

    Sou praticante de Pilates a 3 anos, ex bailarina e sempre tive uma dieta balanceada, mas depois de conhecer um shake muito bom o inclui em minha dieta para melhorar meu desempenho físico e garantir o consumo de nutrientes que não conseguia ingerir nas quantidades necessárias. Sou vegetariana e me adaptei facilmente além de ser uma opção rápida e prática no dia a dia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>