Cuidado com a dieta dos shakes

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Os shakes de emagrecimento ainda estão entre as alternativas mais adotadas por quem quer perder peso e manter a dieta. Eles são alimentos funcionais com poucas calorias, e parecem a maneira mais fácil de perder peso. Mas aqui vai um alerta: os shakes industrializados não têm todos os nutrientes de que você precisa para se manter saudável.

Especialistas e pesquisadores afirmam que os shakes não podem substituir uma refeição completa, como o almoço ou o jantar. De acordo com a nutricionista Eliana Almeida, para o portal Minha vida, trocar uma refeição pela bebida pode diminuir a imunidade e causar doenças como anemia e problemas renais graves, por não apresentar todas as vitaminas e minerais essenciais ao organismo. Portanto, o consumo deve ser apenas um complemento para uma dieta balanceada.

No início do ano, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor atestou que esses produtos têm altos índices de carboidratos e proteínas, comprometendo funções importantes do metabolismo como a oxigenação do sangue e a eliminação de toxinas. Além disso, os shakes têm fibras e calorias insuficientes para repor uma refeição. A deficiência de calorias acaba com a sua disposição e você não vai ter energia para gastar!

E tem mais: ao invés de eliminar gordura corporal, a bebida industrializada pode fazer você perder músculos e água em função do baixo teor de gorduras, que nos fornecem energia. Assim, todo o peso perdido pode voltar bem rápido. Segundo a nutricionista, o perigo é ainda maior para quem faz atividade física. Se substituir as refeições pelo shake, você vai gastar mais energia do que consome, ficando sem combustível.

A recomendação é combinar os shakes com refeições balanceadas, aí sim eles vão conseguir complementar suas necessidades diárias de nutrientes. É importante estar aberto para uma reeducação alimentar, evitando que você volte a ganhar peso. Eliminar alimentos com muita gordura ruim, como doces, refrigerantes, frituras e produtos industrializados já ajuda muito.

Você também pode optar pelos shakes caseiros, com a orientação de um nutricionista. Fique atento!

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text