Pilates melhora prática de Stand Up

 

Quem mora no litoral já deve conhecer esse esporte que se tornou super popular nos últimos anos, o Stand Up Paddle. Para quem nunca ouviu falar, a gente explica: é uma modalidade comum principalmente para o lazer do final de semana, que usa uma prancha e um remo para se mover na água.

O esporte surgiu no Havaí e mistura o surfe com a canoagem. O praticante tem que ficar em pé na prancha e remar, o que exige muito equilíbrio. Ele pode ser praticado em lagos e rios, onde a água é mais calma, mas os atletas profissionais praticam no mar, com mais desafio.

 

pilates-stand-up-paddle-revista-pilates

 

Existem campeonatos mundiais da prática de Stand Up, que desafiam os atletas a fazer manobras muito difíceis. A professora de Pilates Priscilla Severo Rodrigues explica que, para praticar esse esporte, a pessoa precisa ter muita força no tronco. “Ela deve recrutar a todo momento os músculos profundos do core, o centro do nosso corpo. São músculos que estabilizam a coluna e nos mantêm em equilíbrio”.

Ou seja, para poder deixar o corpo bem estável e se movimentar sem cair, é preciso muito domínio corporal. Por isso, Pilates e Stand Up Paddle é uma combinação perfeita! O Pilates vai ajudar o praticante de Stand Up a ter mais consciência corporal e equilíbrio na coluna. A professora Priscilla separou alguns exercícios para trabalhar os músculos estabilizadores e mobilizadores, recrutados na hora do esporte, olha só:

ALONGAMENTO DO GATO (MAT)

Posição inicial: Apoiado nas mãos e joelhos com os braços embaixo dos ombros e joelhos embaixo do quadril, joelhos abduzidos na distância do quadril. Pelve e coluna neutras.

Exercício: Inspire, mantenha a posição inicial, expire, inicie articulando pela pelve, e sequencialmente a coluna até chegar numa flexão. Permita que as escápulas deslizem sobre a caixa torácica sem tensionar a região dos ombros. Inspire mantendo esse formato e expire articulando a coluna sequencialmente numa leve extensão do cóccix a cabeça. 3 – 5 repetições.

INCLINAÇÃO LATERAL (MAT)

Posição Inicial: Sentado de lado. Joelhos flexionados com a perna de cima em rotação lateral, pé completamente apoiado no colchonete. Perna de baixo descansando no colchonete com o pé atrás do pé de cima. Tronco suportando em uma mão alinhada com o quadril. Braço de cima estendido, apoiado no joelho com a palma da mão voltada para cima.

Exercício: Inspire, estabilize o ombro e eleve a pelve em direção ao teto, flexionado o tronco lateralmente, estendendo os joelhos e conectando a parte interna das coxas. Simultaneamente, estenda o braço livre por cima da cabeça, mantendo o foco do olhar diretamente para frente. Expire, flexione os joelhos e retorne ao colchonete, voltando a posição inicial. Repita 3 – 5 vezes cada lado.

UM PÉ NA CAIXA LONGA – PERNA DO PEDAL FLEXIONADO (CHAIR)

Posição Inicial: Posicione a caixa no chão, em frente à Chair e fique em pé de lado. Pernas paralelas, um pé na caixa e o outro pé no pedal. Pelve e coluna neutras, quadris nivelados. Mão mais próxima à Chair segurando a alça, o outro braço ao lado do corpo.

Exercício: Inspire, mantenha o joelho da perna da caixa flexionado e flexione o joelho da perna do pedal, para permitir que o pedal eleve. Mantenha o joelho da perna de caixa flexionado e expire, estendendo a outra perna pressionando o pedal para baixo. 10 repetições para cada lado.
Adaptação do exercício ao esporte: Uma posição alternativa dos braços cruzados na altura dos ombros pode ser adotada para desafiar equilíbrio e controle do praticante.

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>