Benefícios da atividade física para a escoliose

A escoliose é uma deformidade da coluna vertebral que pode ser causada por irritações nervosas, diferença no comprimento dos membros inferiores, contraturas musculares e, principalmente, por problemas posturais.

A doença é motivo de dores fortes nas costas e região lombar. Quem trabalha em frente ao computador, fica horas no trânsito ou carrega muito peso na bolsa tem mais chances de desenvolver e agravar a escoliose. Mas a mudança de hábitos e os exercícios físicos podem ajudar a amenizar esse problema.

De acordo com a fisioterapeuta da Pilates Studiofit, Fernanda Misquevis, todos os exercícios que estimulam, igualmente, os dois lados do corpo auxiliam no tratamento e na prevenção da escoliose, como a natação, a ioga, o Pilates, a caminhada, a hidroginástica e, em alguns casos, a musculação.

 

pilates-na-escoliose-revista-pilates

 

A atividade física pode até corrigir a curvatura da coluna, se adotada como parte do tratamento e acompanhada por um profissional qualificado. “O Pilates é um excelente exercício para a escoliose, pois trabalha o fortalecimento, alongamento e equilíbrio corporal. Isso melhora o alinhamento vertebral, reduzindo as tensões musculares e as compressões discais com a flexibilidade que o corpo ganha”, explica Fernanda.

Ela deu o exemplo de exercícios que ajudam no tratamento da doença durante a aula de Pilates. Um deles é a torção da coluna:

Posição inicial
Sentado em uma posição ereta, pelve e coluna neutras. Pernas estendidas e aduzidas, tornozelos em dorsiflexão. Braços estendidos para os lados, com as palmas das mãos voltadas para baixo, escápulas estabilizadas.

Exercício 
Para preparar, inspire… EXPIRE por 3 contagens, fazendo a rotação da coluna. Faça a rotação máxima na primeira respiração, alongando e aumentando a rotação com as próximas duas respirações. Retorne ligeiramente entre as respirações. INSPIRE alongue e retorne ao centro. Repita para o outro lado. Complete 3-5 repetições de cada lado.

Obs: É importante orientar o aluno a limitar a amplitude do movimento de rotação de acordo com o lado mais restrito.

O exercício nadando também é uma sugestão eficiente, porém é de dificuldade intermediária, o aluno precisa estar preparado para fazer os movimentos. Outra recomendação da fisioterapeuta aos instrutores é evitar o uso de cargas excessivas e jamais dispensar o alongamento antes e depois dos exercícios. “Aos alunos com escoliose, sempre respeitem as limitações do seu corpo, principalmente se sentir dores. Pratique exercícios com a orientação de um profissional qualificado e não tente fazer nenhum treino sozinho, isso pode prejudicar muito o bem estar e a sua saúde física”, atenta.

 

PUBLICIDADE

Metalife Pilates

Comentários