Total Barre: música, dança e Pilates

total-barre-revista-pilates

 

Uma aula mais dinâmica e divertida tem música. Ela melhora o desempenho nas atividades físicas, aumenta a motivação e estimula a coordenação nos movimentos. Imagine então a combinação do Pilates com a leveza e a fluência da dança, trabalhando os movimentos em conjunto com a música.

Essa é a base para um novo programa de exercícios que a STOTT PILATESTM lançou recentemente em viagem pelo mundo. Ele é chamado de Total Barre. É uma forma diferente de trabalho corporal que também mistura exercícios aeróbicos, de força e alongamento. “A ideia é fazer um trabalho de condicionamento global, onde o corpo trabalha aliado à música e à consciência corporal”, explica a treinadora STOTT PILATESTM, Melina Caleffi.

Esse programa usa uma barra como acessório, que pode auxiliar tanto nos exercícios de Pilates quanto nos movimentos do balé tradicional, nos estúdios de dança. “A barra permite trabalhar desde os exercícios de fitness, como agachamento, afundo e flexão de braço, até os movimentos básicos da dança, como o demi-plié e o grand battement”, ensina a instrutora.

Qualquer aluno pode fazer os exercícios, trabalhando a resistência e a flexibilidade. O Total Barre prioriza o alinhamento de quadril, joelhos, tornozelos e pés, pois a maioria dos movimentos é realizada de pé, com o apoio da barra. Por isso, é ideal para trabalhar abdominais, membros superiores e inferiores.

As trilhas sonoras e coreografias mudam conforme a parte do corpo a ser trabalhada. Por exemplo, com uma música você faz movimentos de coluna e aquecimento, com outra você aquece as pernas. “A música entra como um fator motivante para deixar a aula mais dinâmica e alegre. Ela dita o ritmo da aula, ajudando na fluência dos movimentos do início ao fim”, destaca Melina.

Vamos seguir a música?

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text