5 princípios do método STOTT PILATES

Referência mundial em equipamentos e cursos de formação em Pilates, a STOTT PILATESTM passou aqui pelo Brasil em setembro, numa viagem em comemoração aos 25 anos em que promove uma filosofia baseada em exercícios que envolvem mente e corpo. Você já ouviu falar dessa metodologia? É uma abordagem contemporânea do Pilates original, baseada na biomecânica moderna, que inclui exercícios baseados na reabilitação e na melhoria do desempenho atlético.

Percebendo os benefícios do Pilates original, Lindsay e Moira Merrithew passaram mais de duas décadas estudando e refinando o método STOTT PILATESTM, com a ajuda de fisioterapeutas, médicos do esporte e profissionais de fitness. Hoje é considerado um dos métodos de exercício mais seguros e eficazes. A técnica respeita as curvaturas naturais da coluna para fornecer maior estabilidade para o corpo, reequilibrando os músculos.

 

principios-stott-revista-pilates

 

Os princípios básicos da STOTT PILATESTM buscam aproveitar todos os benefícios do Pilates com eficiência e servem como base para todo o repertório. Eles são ensinados desde a primeira aula, aumentando a habilidade e a consciência corporal, permitindo ao aluno controlar melhor os movimentos. São eles:

Respiração
A respiração é tridimensional, ou seja, utiliza-se as porções laterais e posterior da caixa torácica. Na inspiração, utiliza-se a parte inferior,  promovendo trocas gasosas mais eficientes. Na expiração, estimula-se a contração abdominal, estabilizando e protegendo a coluna. Essa respiração oxigena o sangue e evita tensões desnecessárias.

Posicionamento da pelve
Esta abordagem estabiliza a coluna na posição neutra, respeitando sua curvatura natural, o que garante movimentos mais eficientes e melhor absorção de choque para o corpo.

Posicionamento da caixa torácica
Este princípio garante a estabilidade da coluna torácica, uma vez que os abdominais estão conectados às costelas. Manter a contração do abdome evita que os movimentos de braço e que a inspiração desalinhem a coluna.

Movimentação e estabilização das escápulas
É uma área de muita instabilidade, por isso é necessário controlar o movimento e equilibrar a força dos músculos em volta da escápula, pois os movimentos exagerados podem sobrecarregar e causar tensões nos ombros e pescoço.

Posicionamento da cabeça e da coluna cervical
Deve-se respeitar a curvatura natural da coluna cervical durante os movimentos, acompanhando o alinhamento da coluna torácica (flexão, extensão, rotação e flexão lateral).

Para quem está entrando no mundo do Pilates, é bom conhecer os treinamentos e estar sempre atualizado, certo? Aproveite as nossas dicas!

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

3 thoughts on “5 princípios do método STOTT PILATES”

  1. Demais! Posicionamento,respiração,equilíbrio parece tudo exatamente o necessário para nossa saúde!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>