O ato de ensinar: compreendendo o aluno

 

Por Melina Caleffi
Treinadora STOTT PILATESTM

 

O ato de ensinar requer conhecimento, pratica e paciência para transmitir as informações de uma maneira clara e objetiva. A bagagem que cada pessoa carrega é consequência do acúmulo de diferentes experiências corporais, diferentes formações acadêmicas e das diversas informações adquiridas de forma empírica ou experimental durante a vida.

O professor deve ser um facilitador para a aprendizagem. Deve proporcionar diferentes experiências para que cada aluno possa traçar o próprio caminho para o conhecimento.

O profissional do movimento além de possuir uma base técnica de elementos biomecânicos e anatômicos também deve desenvolver as habilidades corporais entendendo os próprios limites e aptidões. Dessa forma, será muito mais simples para o professor compreender a dificuldade do aluno e encontrar a melhor opção de exercício.

A partir do conhecimento e da experiência de cada professor a aula poderá ter diferentes “caras”. Alguns professores enfatizam o uso de imagens para facilitar a execução dos exercícios, outros descrevem minuciosamente o movimento e alguns utilizam a linguagem técnica durante as explicações.

O que é interessante perceber, independente da opção escolhida para instruir, é se a progressão está acontecendo de maneira correta e se a comunicação com o aluno está eficiente. Essa percepção do profissional do movimento irá determinar o sucesso das aulas e do desenvolvimento do aluno na técnica.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>