Voltando ao Pilates depois da cirurgia

Essa é uma dúvida muito frequente entre os praticantes de Pilates. Como deve ser o retorno aos treinos quando se faz alguma cirurgia. A revista Pilates Style, referência do meio para os americanos, trouxe na edição deste mês a resposta a esta dúvida, enviada por um leitor. Quem responde é o instrutor Rael Isacowitz, reconhecido internacionalmente como um expert da área. Olha só:

 

P:Quanto tempo você deve esperar para fazer Pilates depois de uma grande cirurgia?”

R: Tudo depende do tipo da cirurgia. Para a maioria das cirurgias ortopédicas – joelho, quadril ou ombros – o objetivo é retornar às atividades o quanto antes. Isso também vale para cirurgias abdominais, em que andar em casa um ou dois dias depois da cirurgia é recomendado para ajudar no restabelecimento. É claro que existem exceções, como as cirurgias na coluna, e é muito importante seguir as orientações do seu médico. Mas a essência é que se movimentar é bom.

Se movimentar não significa necessariamente fazer Pilates, ou mais especificamente o tipo de Pilates que você estava acostumado a fazer. Em geral, o processo implica séries mais leves no início, para depois ter uma movimentação mais ativa. Essas fases devem ser acompanhadas com foco na consciência corporal e a definição correta dos músculos no padrão correto. A sequência é o fortalecimento gradual e o treinamento funcional.

Isso tudo pode ser alcançado nas sessões de Pilates. No entanto, sua rotina de treino e cada exercício precisam ser adaptados para a sua situação. Essa é a importância de treinar com um professor experiente, que saiba trabalhar com lesões e doenças, tenha uma boa compreensão do repertório que o Pilates oferece e saiba como modificar os treinos, suprimindo alguns movimentos.

Exercícios devem ser mais leves, aumentando gradualmente o nível e a frequência

 

É importante lembrar que o corpo precisa de tempo para se curar. Boa alimentação, exercícios, boas noites de sono e pensamento positivo ajudam muito, mas o fato é que o processo pode ser melhorado, mas não apressado. Eu cometi o erro de apressar minha reabilitação depois de uma cirurgia no ombro porque fui incapaz de aceitar que, embora com força de vontade e energia, não poderia acelerar o processo de recuperação. Eu me machuquei várias vezes pegando pesado e na verdade atrasei esse processo. Quando o tempo veio cobrar o outro ombro, eu estava muito mais cauteloso e equilibrado.

Sem dúvidas, o Pilates pode ter um papel fundamental para o nosso retorno ao dia-a-dia e nossas atividades atléticas. Certamente o fez em minhas cirurgias. Eu não teria conseguido recuperar 100% das funções dos meus ombros sem a prática. Depois de serem submetidas a fisioterapia pós-cirurgia e de voltar a suas tarefas diárias, as pessoas raramente são instruídas a continuar com outros programas de exercícios. Mesmo que recebam um treino no papel, vamos encarar, sem instrução, muitas pessoas não vão fazê-lo e, mesmo com as melhores intenções, inevitavelmente haverá consequências. Existe uma grande diferença entre executar tarefas diárias, como tomar banho e pentear o cabelo, e os exercícios (Pilates, corrida, ciclismo, natação, etc.). É para fazer essa ponte que o Pilates vem, e poucos métodos de treinamento, se houver, serão tão bons.

 

* Do original: “Ask the experts – How long should you wait to do Pilates after major surgery” (Pilates Style, p. 20 – Edição Mai/Jun 2013)

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

8 thoughts on “Voltando ao Pilates depois da cirurgia”

  1. Adorei a matéria, tive uma contusão na costela por conta de um acidente bobo, hoje 24/05/13 está fazendo exatos 30 dias.
    Ainda sinto dores e não me conformo estar fora das aulas de Pilates, lendo a matéria compreendi que é melhor aguardar mais uns dias, me recuperar e depois voltar com força total. Obrigada.

  2. É isso aí, Cássia! Às vezes é melhor não apressar as coisas. Se você ainda sente dores, repouse, espere estar bem, e depois vá voltando aos poucos, sempre seguindo à risca as instruções do professor. Lidar com lesões é muito delicado! Boa recuperação.

  3. Olá, Camila. Utilizamos a linguagem original do artigo, traduzido do inglês para o português.

  4. por favor,eu fazia pilates,mais não desejo fazer mais onde eu estava.e gostaria de saber quando posso voltar a faze lo depois de uma artoscopia de menisco,por rompimento,em 10 de abril? tenho 57 anos,parei de fazer fisio na clinica do dr Campello,mais faço os exercícios em casa,diariamente.
    obrigado.

  5. Olá, Fátima!

    Não há como precisar ao certo quando você poderá voltar à prática do Pilates. Apenas o seu médico e/ou fisioterapeuta podem dizer se você está preparada ou não para o retorno às atividades.
    O tempo depende do grau de sua lesão, como foi sua recuperação, e o quadro clínico atual. Sugerimos que procure por um dos profissionais citados, eles poderão te orientar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>