Aulas de Pilates: atenção e concentração

Por Robert Azeredo
Educador Físico em formação STOTT PILATES®

A falta de atenção pode ser considerada efeito colateral de uma vida moderna acelerada. De acordo com a revista Ciências & Cognição, fatores internos como atenção visual e auditiva, capacidade de processar informações e características de personalidade determinam o desenvolvimento do processo de concentração, assim como a qualidade da informação fornecida e o estresse social.

Pesquisas mostram que as pessoas extrovertidas têm capacidade de atenção reduzida, inferior aos introvertidos. Pessoas sem atenção geralmente mantêm pensamentos no passado, em ações planejadas para o futuro ou uma análise repetitiva de uma atividade já absorvida. Elas têm grande dificuldade de se manter em “silêncio mental” e prestigiar o presente.

STOTT PILATES® Photography © Merrithew Corporation

Nas aulas de Pilates, buscamos exatamente o treinamento do conjunto corpo e mente. Quanto mais os movimentos forem treinados e compreendidos pelo processo mental e físico, maior será a percepção do ambiente em que se está vivendo.

A atenção e a concentração do praticante têm relação direta com o seu bom desenvolvimento. Sendo assim, o melhor a fazer é estar atento, estar presente. Sentir que seu corpo é o instrumento de sua mente e que segue as orientações que recebe.

De um modo geral, os alunos começam as sessões atentos e concentrados, mas à medida que tudo começa a ficar familiar, a zona de conforto começa a se encaixar novamente. Mas diante de tantos estímulos diários, onde o tempo é curto para tantas metas, como se aproveitar o momento sem pensar no futuro, no passado ou em qualquer outra coisa?

Seria possível entrar em uma sala com vários aparelhos, começar a respirar e pronto, o mundo pára pra você? A concentração no que está fazendo é a melhor maneira de aproveitar e fazer bem suas tarefas, coisa que é bem difícil diante de tantas cobranças.

Mas vamos voltar um ponto: qual é seu objetivo? Correção postural, fortalecimento muscular, consciência, a harmonia entre os músculos do corpo? Concentre-se no que você quer para si. Uma aula de Pilates geralmente inicia te relembrando de situações que você conhece como respirar, se movimentar lentamente e por partes. Essa é uma ótima maneira de se esforçar a ficar atento a poucos e pequenos detalhes.

À medida que a aula continua, a construção de movimentos vai ficando mais desafiadora, e consequentemente sua atenção e concentração também. É comum se esquecer dos detalhes. Não se cobra que o aluno saiba todas as posições, pois a função de seu professor é te dar a direção para que você caminhe com suas próprias pernas.

Às vezes temos uma imagem irreal a respeito do nosso corpo e assim fica muito mais difícil o aprendizado de algo que nem você mesmo compreende. Que tal reavaliar sua postura junto ao professor e perceber que talvez seja necessário um novo conceito para o seu próprio corpo? A partir deste novo conceito você terá que sair de sua zona de conforto, se orientando de acordo com este novo estereótipo que você quer adquirir. Sentar-se com mais atitude, respirar com mais intensidade, deixar de lado a preguiça e a monotonia dos dias. Esses são alguns fatores que com certeza terão que fazer parte de sua vida, assim que começar as suas aulas. Afinal, você quer ser do mesmo jeito que antes? Sem as aulas? Sem objetivos para manutenção de sua saúde? São tantas coisas a se pensar: respira, estabiliza, mobiliza.
Que tal simplificar?

“É estar presente, concentrado e não distraído. É a mente que esculpe o corpo”

Joseph Pilates

 

Fique atento e boas aulas!

 

Referências

http://www.trustsports.com.br

Ciências & Cognição 2010; Vol 15 (2): 142-154 © Ciências & Cognição

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>