Pilates é papo de homem também

STOTT PILATES® photography © Merrithew Corporation

Corpo musculoso, barriga de tanquinho, braços fortes. Este é o objetivo principal de praticamente todos os homens que seguem um programa de musculação. E se você perguntar se eles trocariam o treino de força por outra atividade que oferece os mesmos benefícios, certamente a resposta seria não.

Muitos rapazes acreditam que rotinas de exercícios mais leves são para as mulheres, como corrida em esteira, aulas de ginástica com bolas, halteres pequenos e também o Pilates. Os homens, geralmente, têm a ideia de que o treino tem que ser puxado para garantir músculos de aço. Isso é um grande erro. Até porque o Pilates, por exemplo, pode ser tão pesado e duro como qualquer treinamento de força que você já tentou.

Apesar de o Pilates ser mais aceito por mulheres, a técnica foi desenvolvida por um homem – Joseph Pilates, na Alemanha – inicialmente para atender aos requisitos de formação para um público masculino. O método aumenta a força e o alongamento, trabalhando todos os grupos musculares, o que resulta num desenvolvimento equilibrado sem sobrecargas desnecessárias e indesejada. Ou seja, vai contra a tendência masculina de exercitar apenas alguns grupos musculares específicos.

O repertório de Pilates é amplo e diversificado, e desafia a musculatura dos homens, pois não promove somente a força, mas também o controle, flexibilidade e equilíbrio do corpo. A prática dá bastante ênfase ao fortalecimento dos músculos abdominais, criando um núcleo extremamente definido – caminho certo para a barriga de tanquinho.

Em virtude desses aspectos, o número de praticantes de Pilates vem crescendo a cada dia em nível global. Entre os benefícios de sua prática podemos citar:

  • Desenvolvimento de um corpo forte e flexível, sempre exigindo o máximo controle dos músculos

  • Aumento da capacidade de respiração

  • Melhoria da circulação sanguínea

  • Desenvolvimento de músculos abdominais fortes

  • Melhoria da qualidade de vida e desempenho esportivo

  • Prevenção de lesões e eliminação da dor

  • Recuperação de alguns problemas musculares causados por sobrecarga

  • Melhor percepção do corpo e da mente

  • Redução de estresse

  • Melhor alinhamento postural

  • Melhoria da consciência corporal e coordenação motora

O assistente financeiro João Guilherme Zurita Hannud, de 23 anos, já praticou musculação e Pilates e afirma que o método alemão ajuda a fortalecer os músculos naturalmente, sem o mesmo impacto que a primeira atividade. Ele diz ainda que não teve receio em praticar Pilates porque os pais já faziam aulas antes dele. “Pode até ser que alguns homens tenham preconceito, mas provavelmente porque nunca experimentaram o método”, opina o jovem.

A prática tem se difundido cada vez mais rápido entre os atletas do sexo masculino pelo impacto positivo na execução dos exercícios intrínsecos a cada modalidade. Além disso, um grande número de atletas de vários esportes perceberam a eficácia do Pilates também na prevenção de lesões, recuperação e fortalecimento de todo o corpo.

A dica para os homens que querem atingir o objetivo citado no início deste post: dieta equilibrada, atividade aeróbica pelo menos três vezes por semana e Pilates são a combinação perfeita para ter uma barriga de tanquinho esbanjando saúde.

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

2 thoughts on “Pilates é papo de homem também”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>