Como potencializar o treinamento desportivo

Segundo GIRALDES, Treinamento Desportivo é o conjunto de atividades que tendem a desenvolver as qualidades mentais e físicas com o objetivo de alcançar o máximo de rendimento individual.

Cada dia de esforço e tempo dedicado ao treino determina o retorno do resultado desportivo que o atleta irá alcançar no futuro. Isto acontece porque à medida que o atleta vai acumulando o trabalho dos vários dias de treino, consegue condicionar sua mente e o seu corpo para ter um determinado desempenho com uma postura ou abordagem específica, transformando-se na sua atitude em competição.

Todos os atletas em geral têm a carcterística de serem comprometidos e buscam estabelecer metas ambiciosas em relação suas limitações. A satisfação de alcançar o resultado planejado pode estar diretamente direcionada em desfrutar ao máximo a execução da atividade, por isso,  o treino diário costuma enriquecer sua vida ao ponto de valer a pena todo o esforço e disciplina necessários.

Existem algumas estratégias mentais que são consideradas relevantes na contribuição para o sucesso de atletas nos mais variados desportos:

Trabalhar a attitude- O atleta deverá focar-se a 100% na recompensa do seu treino, e não nos aspectos negativos.

Trabalhar a tenacidade mental- Ao desenvolver a sua resistência mental, aumenta largamente a capacidade de dar indicações a si próprio nos momentos difíceis, focando-se com discernimento naquilo que é importante para a obtenção de um bom resultado.

Extrair os aspectos positivos- Os bons hábitos diários criam vias poderosas que aumentam a auto-eficácia do atleta e consequentemente o seu sucesso. Por este motivo, o atleta deve propor-se a este exercício mental de extrair os aspectos positivos do seu treino, e associar-lhe uma pista poderosa para poder voltar a utilizar numa próxima sessão de treino e/ou em competição, aumentando-lhe a percepção de auto-eficácia e a confiança e consequentemente a performance.

Diminuir os efeitos da dor?-?Uma das maiores habilidades que a mente possui a favor do atleta é a sua capacidade de diminuir a dor. Praticamente todos os atletas têm a noção dos seus limites e das suas capacidades, isto é realmente bom, pois permiti-lhes continuarem a esforçar-se para tentar ultrapassar esses mesmos limites. No entanto, esta percepção de limites torna-se por si incapacitante em algumas situações, dado que o atleta já conhece a sua zona de sofrimento.

Evitar o excesso de informação Os atletas possuem a habilidade de focarem-se naquilo que pretendem. Esta característica mental torna-se preponderante na realização do seu desporto, exercício ou disciplina técnica, mas apenas se conseguirem dirigir a atenção para as “pistas” ou “atalhos” que promovem a boa performance. Igualmente significativo é perceber o que não é relevante para a execução de uma boa performance, e assim, conhecer o motivo de distração e sabotagem de uma boa execução.

Fonte: Chico Audi

Aprender novas habilidades e desenvolver novas capacidades leva tempo. A repetição e aplicação são necessárias nas práticas diárias do treino. Por isso, é muito importante o desenvolvimento da tenacidade mental através do refinamento da capacidade de foco naquilo que o atleta reconhece como sendo as suas pistas para a boa performance.

Muitos atletas profissionais e armadores, vêm procurando o método Pilates, como complemento de seus treinos, pois ele aumenta a consciência, equilíbrio corporal, trabalha propriocepção, refina os movimentos, alonga, fortalece os músculos uniformemente, proporciona a reabilitação do atleta e o mais importante, previne futuras lesões.

O Pilates trabalha o corpo como um todo, o que garante que a verdadeira flexibilidade possa ser alcançada, pois todos os músculos são trabalhados para se desenvolver uniformemente.

Durante os exercícios a atenção deve estar inteiramente focada na tarefa que se executa, mente e corpo precisam estar coordenados para atingir o máximo resultado com o gasto mínimo de energia. Os movimentos devem ser conscientes, exigindo um verdadeiro equilíbrio entre corpo e mente.

Estabilizando-se coluna, quadril e escápulas, dissociando membros, reorganiza-se o tronco com exercícios que propõem gestos conscientes que se assemelham-se com atividades funcionais. Trabalhando lateralidade e coordenação motora utilizando-se de rotações, flexões e extensões, para suavizar compensações, busca-se o equilíbrio do corpo como um todo.

Devemos aprender a “dominar a arte de respirar corretamente” (Joseph Pilates). Para isso, no método Pilates a respiração é aliada ao exercício, trabalhando-se todo o aparelho respiratório, promovendo um aumento na capacidade respiratória e oxigenação do sangue. Os atletas que conseguem perceber e desenvolver estas capacidades ganham uma vantagem competitiva.

Fonte: Portal da Educação Física e Gaia Pilates

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>