Matéria - Importância da Respiração

A importância da respiração

Nossa respiração é regida pelo Sistema Nervoso Automático, podendo tornar-se voluntária a qualquer momento, pode ser de fraca amplitude em repouso ou de grande amplitude num indivíduo em atividade. Seu ritmo também é variável. O principal músculo da respiração é o diafragma, ele permite a entrada do ar nos pulmões quando se abaixa e a expulsão do ar quando se eleva. Realiza diariamente em torno de 20 mil movimentos por dia.

Ele está localizado na separação entre tórax e abdome, entre respiração e digestão. Atua no processo digestivo, seu abaixamento vigoroso permite a defecação, age no momento do parto e atua na estática, puxando a região lombar para a frente (inserções nas vértebras lombares e discos intervertebrais).

Ao realizar uma respiração correta, ou seja, aquela na qual intervém o movimento diafragmático, se produzem pressões no ventre que atuarão de forma direta e eficiente para melhorar a digestão, seria como uma saudável massagem sobre todos os orgãos abdominais (fígado, intestino, rins, pâncreas…) melhorando e aumentando as secreções que eles dispõem. Além disso, a respiração influi para destruir as toxinas que se formam no corpo, alterando os resíduos, estabilizando as funções orgânicas e fortalecendo os organismos debilitados.

Em nível corporal, temos toda uma rede energética como temos no carro e na casa, onde o reflexo mais visível desse fluxo é a respiração. Se ela estiver solta e plena, a energia flui e se distribui naturalmente, de forma saudável, auto regulando as tensões. Quando há bloqueios a respiração é rápida, fazendo com que essa energia se concentre em determinadas regiões, originando cadeias musculares tensas (contração involuntária).

 

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>