Quais são os princípios do pilates? Por Daniela Carasco

Muito além de trabalhar o corpo, o pilates trabalha com interior dos praticantes. Isso significa conquistar mais bem-estar por meio da prática da concentração, respiração e precisão.

De acordo com o livro “O Corpo Pilates”, de Brooke Siler, o método pilates é baseado em seis princípios. Conheça cada um deles:

Concentração – A fim de trabalhar o físico, é necessário estar presente com a mente – é ela que comanda a ação. Por isso, é fundamental prestar atenção nos movimentos executados e observar como os músculos respondem.

Controle – O domínio muscular preconizado pelo método consiste na ausência de movimentos descuidados, automáticos ou casuais. Nenhum exercício no pilates é feito simplesmente por fazer. Cada movimento tem uma função.

Centro de força – Temos um grande grupo de músculos no centro – abdômen, lombar, quadris e glúteos. Pilates chamou esse conjunto de “casa de força”. Toda a energia necessária à realização dos exercícios se inicia nela e flui para as extremidades.

Fluidez – No método pilates não existem movimentos estáticos, isolados, porque o corpo não funciona naturalmente dessa maneira. Pelo contrário, eles são fluidos, como um longo passo ou uma valsa.

Precisão – A concentração em fazer um movimento preciso e perfeito em vez de muitos sem vontade é condição essencial do pilates. Deixar de fora qualquer detalhe é abandonar o valor intrínseco do exercício.

Respiração – A respiração completa renova a circulação do ar, oxigena o sangue e ainda ajuda no controle dos movimentos durante os exercícios, assim como no dia a dia.

STOTT PILATES® photography © Merrithew Corporation

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Cursos de Pilates Brasil

2 thoughts on “Quais são os princípios do pilates? Por Daniela Carasco”

  1. Olá, comecei fazer hidroginástica, gostaria de saber qual dos dois é melhor para perder peso e ter um corpo bem definido, obg!

  2. Olá, Armênia!

    A hidroginástica e o Pilates são atividades com objetivos e benefícios diferentes.

    A hidro, por exemplo, melhora a resistência muscular e cardiorespiratória, aumenta a circulação sanguínea e trabalha as articulações. O gasto calórico desta atividade é de cerca de 400 kcal por hora. Por ser um exercício aeróbico, é indicado para a perda de peso. A hidroginástica também tonifica braços, pernas e glúteos.
    Já o Pilates é indicado como um exercício complementar na perda de peso, não como atividade principal para alcançar este objetivo. O Pilates é ideal para tonificar os músculos e aumentar a resistência. Ele trabalha o equilíbrio, melhora a postura e relaxa o corpo, ajudando a combater o estresse e aliviando dores e tensões.

    As duas são ótimas opções!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>