Pilates individualizado ou em grupo?

Foto: Pilates StudioFit

Uma decisão que por vezes perturba aqueles que vão iniciar a prática de Pilates está relacionada a escolher sessões individualizadas ou em grupo. A questão é simples: custo ou preferência.

É importante destacar que toda prática de Pilates deve ser orientada por um personal de forma individualizada, pois, principalmente no início, a atenção individual é o que vai garantir que os movimentos estão sendo realizados da maneira correta.

Mesmo em uma turma, que deve ser pequena, não ultrapassando três participantes, como indicam a maioria dos profissionais, a atenção individual é essencial, pois cada caso é um caso.

Nas aulas em turma, o custo pode ser reduzido, uma vez que são várias pessoas dividindo a atenção de um instrutor. Também, depende da sua preferência; há pessoas que se sentem mais à vontade em um grupo e outras com atenção individual.

O que deve ser observado é que as orientações precisam partir de um profissional habilitado, que vai saber coordenar os exercícios, especialmente quando envolvem os aparelhos.

Há diferentes tipos de Pilates hoje em dia, como o chamado Pilates Tonning, que dá ênfase ao fortalecimento muscular, à postura e ao alongamento; o Pilates Fitness, que se destina ao condicionamento físico global, incluindo fortalecimento muscular e gasto calórico, sendo ideal para quem quer perder peso; e o Pilates Rehab, que se destina àquelas pessoas com problemas nos ligamentos, nas articulações ou na coluna, que tenham feito ou estejam fazendo fisioterapia e que necessitam reforçar seu tratamento.

 

Fonte: Pilates RPG

 

Compartilhe essa página com seus amigos, alunos e professores nos links abaixo:

CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text