O Pilates é uma ótima indicação para a Terceira Idade

Por Rafaela Porto

Instrutora Certificada STOTT PILATES

Coordenadora Técnica da Pilates StudioFit

Foto: Pilates StudioFit

Envelhecer não deve ser sinônimo de incapacidade. É possível aproveitar a vida quando se está numa idade avançada. Uma ótima maneira de se fazer isso é praticando atividades físicas. A melhoria das condições de saúde e a crescente expectativa de vida no mundo, bem como no Brasil, acarretou o crescimento da população da terceira idade e com isso, a elevação de doenças relacionadas a esse período de vida.

Nosso corpo vai sofrendo naturalmente, a perda do equilíbrio devido aos desvios posturais decorrentes da idade, os ossos ficam mais fracos e dores articulares podem aparecer com freqüência e está comprovado que a prática regular de exercícios minimiza este efeito do tempo. Tudo isso consiste na capacidade de manutenção da postura estável, com ou na falta de movimento, onde cada alteração está diretamente relacionada à elevada incidência de quedas observada, o que é, atualmente, uma das preocupações dos órgãos de saúde, tanto pela freqüência, quanto pelas conseqüências em relação à qualidade de vida.

Estudos demonstram que idosos sedentários apresentam uma maior prevalência de quedas. A literatura é unânime quanto aos benefícios de uma atividade física bem orientada e balanceada para a terceira idade.

O Pilates é uma boa indicação como prevenção de quedas em idosos, já que o método enfatiza a melhoria da força muscular, equilíbrio e flexibilidade. Os movimentos suaves das sessões fazem com que a prática seja cada vez mais recomendada para a terceira idade. Cabe lembrar que qualquer prática de atividade deve ser acompanhada por profissionais qualificados para que cada indivíduo seja tratado de forma individualizada levando sempre em consideração as condições clínicas e físicas de cada pessoa.

O Pilates estimula a produção e a demanda de cálcio para os ossos que possam estar fragilizados, proporcionando lubrificação e aumento da amplitude dos movimentos para as articulações acometidas, respeitando os limites e avanços de cada um dentro das aulas.

Um dos resultados não é só uma coluna mais saudável, mas também forte. Através os exercícios o equilíbrio é restabelecido, restaurando as conexões responsáveis pela sensação de segurança ao caminhar ou a realizar as atividades do dia-dia por exemplo.

Os exercícios focam, sobretudo, as musculaturas mais profundas, tais como o transverso do abdômen, multifídios e paravertebrais, que são responsáveis pela estabilização da coluna e do assoalho pélvico. As aulas de Pilates resgatam a flexibilidade, um dos principais problemas nesta faixa etária, nas mulheres. A prática ainda pode evitar patologias como: queda de bexiga, disfunção do assoalho pélvico, em que os músculos da região pélvica ficam fracos.

O Pilates incentiva a vontade de aprender e viver, proporcionando melhor qualidade de vida. Através dele os idosos podem resgatar a confiança em si mesmo, valorizando-se mais e desfrutando melhor das coisas boas que a vida tem a oferecer.

 

Boas Aulas!

 

Compartilhe essa página com seus amigos, alunos e professores nos links abaixo:


CADASTRE-SE

PUBLICIDADE

Alternative text

One thought on “O Pilates é uma ótima indicação para a Terceira Idade”

  1. adorei a materia faço um trabalho com a terceira idade através da UATI, universidade aberta a terceira idade e as matérias ajudam bastante. Parabens e obrigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>